SALPOENTE

COZINHA DE EXCELÊNCIA – Localizado no Cais de São Roque, em Aveiro, o restaurante Salpoente, edificado em dois antigos armazéns de sal, é um tributo às gentes e matérias-primas da região. 

A sua cozinha de excelência recria sabores e sentires, através de uma envolvente moderna e contemporânea que homenageia a arte, a tradição e a criação de momentos que perduram no tempo. 

Confundindo-se com a história dos aveirenses e com a sua relação com os recursos naturais que caracterizam a cidade, o local onde se encontra o Salpoente é um espaço único. Património da cidade, os dois antigos armazéns de sal – que mantêm a traça original – são uma alusão à exploração das salinas, atividade absolutamente indissociável desta cidade e que contribuiu para a consolidação do seu núcleo primordial, ainda em finais do século XVI. Desta forma, o restaurante homenageia e dignifica o espaço, ao devolver-lhe a nobreza de outros tempos. 

No restaurante Salpoente a cozinha é um verdadeiro espetáculo de sentidos, o centro de um conceito onde cada detalhe visa prestigiar pratos de eleição, oferecendo um atendimento de excelência e um ambiente de requinte e sofisticação. 

Com uma linguagem muito própria, a cozinha, feita com magia e mestria, é liderada pelo chef Duarte Eira. A equipa que o acompanha, dedicada, qualificada e apaixonada pela arte de bem receber, não descura nenhum detalhe, proporcionando momentos inesquecíveis e que perduram no tempo. 

Procurando construir uma linguagem própria, na cozinha, o chef e a sua equipa aliam as mais recentes tendências gastronómicas com a cultura e as tradições daquela bela e carismática região. 

 PROPOSTAS TENTADORAS – Cada um dos pratos quer ser um tributo às gentes e matérias-primas de Aveiro, por isso, todas as propostas são preparadas com produtos típicos da região. Pensadas para agradar até aos comensais mais exigentes, destaque para pratos como ostras ao natural, espuma de tomate e pó de alface do mar; lombinho de marinhoa picado à mão, temperado com molho tártaro e picante; bacalhau confitado, estufadinho de sames com massinhas e favas, clorofila de agrião e puré de cenoura; naco de marinhoa em manteiga noisete, terrine de batata, espargos, molho bearnês e jus de carne; salada de tomate cherry, guassacaca, pinhões e folhas; alface romana grelhada, queijo emental, molho de tahine, cajus e um fio de azeite; tortellinis de beterraba recheados com queijo, fruta da época, molho bearnês e mixde alfaces; filete de pregado em manteiga, molho de maracujá, banana, polenta frita e legumes; massada de tamboril com camarão, perfumada com pimentos e coentros; lombo de vaca em manteiga noisete, terrine de batata, espargos, molho bearnês e jus de carne; ou secretos de porco cozinhados a dois tempos, cuscos cremosos de berbigão, coentros, picles de legumes, puré de alho negro e jus de carne. 

Nas sobremesas, destaque para chocolate, baunilha e coco em várias formas e texturas; banana, amendoim e caramelo salgado, numa combinação clássica; fruta laminada; bem como os famosos ovos-moles. 

No que aos vinhos diz respeito, cada um deles foi cuidadosamente selecionado para oferecer uma diversificada seleção de qualidade superior, acompanhando as novas tendências vínicas. 

O Salpoente apresenta um interior com muito design e uma cozinha atual, com detalhes de autor. Atreva-se a descobrir este espaço e desfrute dos melhores saberes e sabores desta região. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.