QUINTA DE S. JOSÉ RESERVA TINTO DOURO DOC 2016

NA SUA COMPOSIÇÃO as castas são 45% Touriga Nacional e 55% vinhas velhas com aproximadamente 50 anos. As uvas que lhe deram origem provêm de diferentes parcelas de vinha da Quinta de S. José, situada no Cimo Corgo, muito próximo do rio Douro, com uma altitude que vai dos 150 aos 300 metros. Exposição norte e com solo muito xistoso. A vindima destas uvas é feita à mão, para caixas de 25 kg, no seu ponto ideal de maturação. Pretende-se que apresentem uma maturação pujante conduzindo a maiores concentrações aromáticas e polifenólicas. Após suave esmagamento e desengace total, as uvas são fermentadas em cubas de inox e lagar, permitindo assim que os constituintes de qualidade presentes nas películas das uvas bem maduras passem suavemente para o vinho. Após fermentação malolática, o vinho estagiou em barricas novas e usadas de carvalho francês de 400 litros, durante aproximadamente 12 meses. Cor púrpura e bastante profunda, aromas muito complexos e distintos onde predominam o carácter frutado e floral com notas especiadas, frescas de menta provenientes da madeira muito discreta e elegância que contribui certamente para o seu potencial de envelhecimento, pelo que o vinho beneficiará com alguns anos em garrafa. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *