VODAFONE PORTUGAL

PORTUGAL LIGADO ao maior sistema de cabos submarinos do mundo pela VODAFONE  

  • Vodafone é o parceiro de amarração do cabo submarino 2Africa em Carcavelos, Portugal
  • O cabo oferece importante capacidade adicional para responder à procura de serviços globais de telecomunicações nas próximas décadas e melhorará a conectividade para empresas, instituições e clientes particulares

 O 2Africa, o maior sistema de cabos submarinos do mundo, chegou hoje a Portugal graças aos investimentos de um consórcio internacional, que inclui o Grupo Vodafone. A amarração do cabo ocorreu esta terça-feira em Carcavelos, um dos pontos de desembarque europeus e a partir do qual esta infraestrutura de última geração entra em Portugal Continental.

A Vodafone liderou a chegada ao País deste cabo de acesso aberto e neutro, que permitirá acrescentar capacidade adicional para satisfazer o aumento global da procura por serviços globais de telecomunicações na próxima década, como sejam serviços de internet, videoconferência, aplicações multimédia e móveis avançadas para vídeo digital, televisão de alta-definição e computação em nuvem.

O consórcio 2Africa integra oito parceiros internacionais: Bayobab, Center3, China Mobile International, Meta, Orange, Telecom Egypt, Vodafone Group e WIOCC. A Alcatel Submarine Networks é responsável pelo fabrico e instalação do cabo 2Africa.

“A chegada a Portugal do cabo 2Africa, o maior cabo submarino de fibra do mundo, reforça a importância estratégica do País – sobretudo pela sua localização privilegiada – para este tipo de infraestruturas fundamentais às comunicações nacionais e internacionais, potenciando a digitalização de empresas, instituições e clientes particulares. A Vodafone associa-se orgulhosamente a este projeto que faz de Portugal uma peça fundamental no desenvolvimento tecnológico, reforçando ainda mais a ligação do País ao mundo”, afirma Paulino Corrêa, Chief Network Officer da Vodafone Portugal.

Lançado em maio de 2020, o 2Africa pretende aumentar significativamente a capacidade, a qualidade e a disponibilidade da conectividade à internet entre África e o resto do mundo. Quando estiver concluído, o novo cabo ligará 33 países de três continentes (Europa, África e Ásia), estendendo-se ao longo de 45 mil quilómetros.

O cabo foi amarrado e ligado em Carcavelos, Cascais, à Estação de Cabos Submarinos da Altice.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *