RED BULL

CAMPEÕES MUNDIAIS DE AVIÕES DE PAPEL coroados na Austrália. Portugal marcou presença na final mundial do Red Bull Paper Wings. Cerca de 61 mil pilotos de aviões de papel de 60 países sonharam com um lugar na final mundial do Red Bull Paper Wings. Os melhores entre os melhores rumaram à Áustria e viveram uma experiência única na disputa dos títulos mundiais de Distância de Voo, Tempo de Voo e Acrobacias. Portugal voltou a marcar presença.

A magia de uma folha de papel em branco que é a base para as mais incríveis experiências de voo, isto sem tirar os pés da terra. É esta a essência do Red Bull Paper Wings, o Campeonato do Mundo de Aviões de Papel, que reuniu no último fim-de-semana (13 e 14 de maio) na Áustria, os melhores pilotos de 60 países.

Foram necessárias cerca de 500 etapas de qualificação para encontrar os melhores entre os melhores e Portugal voltou a marcar presença: Andree Miranda, Guilherme Barcelos e Vince Miklos foram os nossos representantes no emblemático Hangar-7 de Salzburgo. O primeiro disputou a classe de acrobacias e regressou com um honroso sexto lugar. Em tempo de voo, Guilherme foi 15º classificado, enquanto Vince levou o seu avião de papel ao 26º lugar na categoria de distância de voo. Os vencedores mundiais foram, respetivamente, Seunghoon Lee (Coreia do Sul), Rana Saeed (Paquistão) com 14,86 segundos, e Lazar Krstic (Sérvia) com 61.11 metros.

Reconhecido pela “Paper Aircraft Association” como o Campeonato do Mundo de Aviões de Papel, o Red Bull Paper Wings realiza-se desde 2006 seguindo regras também reconhecidas pelo Guinness World Record. Os campeões mundiais de cada categoria foram premiados com uma experiência de fim-de-semana com os famosos Flying Bulls.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.