PROENÇA-A-NOVA

ASSOCIAÇÃO CORTIÇADA ART FEST constituída para alavancar desenvolvimento territorial – Laboratório para a Gestão Integrada de Arte na Paisagem, associação de direito privado sem fins lucrativos, foi formalmente constituída no dia 30 de maio, tendo como parceiros os três municípios fundadores do projeto Cortiçada Art Fest, Proença-a-Nova, Sertã e Oleiros, o gabinete de arquitetura MAG- Marques de Aguiar e uma rede de parceiros da zona centro, onde se incluem a Direção Regional da Cultura do Centro e o Turismo Centro de Portugal.

Apresentando-se como um instrumento de governança deste projeto de arte na paisagem, a associação agora criada irá concretizar ações integradas de reorganização das paisagens, com o objetivo de uma transformação sustentável a longo prazo, a partir dos municípios fundadores, mas alargando-se progressivamente a outros concelhos. “A consolidação e expansão deste projeto tem como pilar fundamental a investigação científica com uma rede de parceiros peritos nas diferentes áreas disciplinares que estruturam o desenvolvimento territorial, com a universidade de Coimbra, em particular o Departamento de Arquitetura, como parceiro fundador”, refere a Associação.

Está igualmente em cima da mesa o projeto “Arte na Paisagem”, um museu sem paredes “que expõe a relação entre os valores dos lugares e a arte contemporânea na paisagem”, assente em três pilares: o desenvolvimento territorial, a promoção do turismo cultural e a investigação científica. Para concretização dos projetos, a Associação irá candidatar-se a vários apoios disponíveis, através de instrumentos como Regenerar Territórios (na área do Turismo), Portugal 2030 (Coesão Territorial) e outros na área do Ambiente e Território. Este projeto encontra a sua segunda fase de desenvolvimento enquadrada no Plano de Revitalização do Pinhal Interior Sul e na constituição da IIBT (Intervenção Integrada de Base Territorial), consolidada na resolução de Conselho de Ministros para os territórios do Pinhal Interior.

Recorde-se que o projeto Cortiçada Art Fest, financiado pela DGARTES no âmbito do “Programa de Apoio em Parceria – Revitalização do Pinhal Interior – Programa de Desenvolvimento Cultural do Território”, instalou três obras artísticas na paisagem – “Farol dos Ventos”, em Proença-a-Nova; “Véu”, na Sertã, e “Moon Gate”, em Oleiros – que foram inauguradas em agosto de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.