PROENÇA-A-NOVA

SETE EMPRESAS do concelho distinguidas como PME Líder e PME Excelência. O tecido empresarial do concelho de Proença-a-Nova mantém a dinâmica registada nos últimos anos, vendo novamente reconhecidas sete empresas como PME Líder, duas das quais também distinguidas como PME Excelência, referente ao ano de 2019, uma distinção que surge como reconhecimento pelo desempenho económico-financeiro e pelo contributo dado à economia portuguesa. “É com gosto que o presidente da Câmara Municipal vê o reconhecimento dado por entidades externas ao desempenho das empresas do concelho e as PME Líder e Excelência indicam da capacidade, gestão e inovação de que os nossos empresários realizam todos os dias. Neste momento de exigência que atravessamos, em que mais do que nunca é necessário tirar da nossa capacidade empreendedora e, muitas vezes, reinventar novos produtos e formas de gerar negócio para fazer face aos próximos anos que serão, por certo, desafiadores”, refere João Lobo.

As empresas Ambienti d’Interni, Unipessoal Lda, José Lourenço – Pneus e Combustíveis, Lda, José Lourenço & Filhos, Lda, Pinhalnova – Madeiras Tratadas, Lda, Rica Granja – Produção e Comércio avícola, Lda e Soprotaco – Assentamento e Comercialização de Pavimentos, Lda venceram o galardão PME Líder. As empresas Pinhalfer – Caixilharias e Serralharia, Lda e Soprotaco – Assentamento e Comercialização de Pavimentos, Lda acumularam ainda o galardão de PME Excelência 2019. O sector secundário domina as áreas de atividade em que atuam as empresas galardoadas como carpintaria, comércio de madeiras, construção civil, comércio de combustíveis, acessórios e pneus para automóveis, havendo também uma no setor primário (produção avícola). Com décadas de atividade, com destaque para uma delas que se mantém no ativo há 57 anos, estas empresas têm conseguido evoluir na sua capacidade técnica e manter níveis de gestão e produção de riqueza e empregabilidade no concelho.

Este estatuto é atribuído anualmente pelo IAPMEI e pelo Turismo de Portugal (no caso das empresas do setor do Turismo), em parceria com 10 bancos a operar em Portugal e as Sociedades de Garantia Mútua.