MOSCATEL ROXO DE SETÚBAL

É O MELHOR DO MUNDO! Moscatéis de setúbal colocam Portugal no topo dos países mais medalhados. Em 20 anos de competições internacionais para os Melhores Moscatéis do Mundo, a edição deste ano destaca-se por ter revelado uma das melhores prestações de Portugal no concurso. Com um total de 16 medalhas, 8 de ouro e 8 de prata, Portugal é não só o país mais medalhado, como o país com mais medalhas de ouro e o país com mais Moscatéis no TOP 10 Best Muscats du Monde® 2020, 4 no total. Das 16 medalhas 15 são de Moscatéis de Setúbal, contribuindo para a afirmação internacional da Região Vitivinícola da Península de Setúbal como o berço privilegiado para a produção destes generosos. São quatro os Moscatéis de Setúbal a figurar na ambicionada lista de melhores do Mundo do concurso. Os generosos Venâncio Costa Lima Moscatel Roxo de Setúbal Reserva da Família 2016, o Venâncio Costa Lima Moscatel de Setúbal Reserva da Família 5 anos, o Adega de Palmela Moscatel de Setúbal 10 anos e o Casa Ermelinda Freitas Moscatel Roxo de Setúbal Superior 2010.

Na 20ª edição do concurso, foram ainda distinguidos com medalha de ouro o Moscatel Roxo de Setúbal Pingo Doce Seleção Exclusiva, o Moscatel de Setúbal Pingo Doce Seleção Exclusiva, o Moscatel Roxo de Setúbal Contemporal 2013 e o Moscatel de Setúbal Superior Bacalhôa 10 anos. Os produtores Venâncio da Costa Lima, Camolas&Matos, e Casa Ermelinda Freitas arrecadam ainda mais 7 medalhas de prata. O concurso, que decorreu nos dias 22 e 23 de Julho, na cidade de Frontignan-la-Peyrade – França, teve em prova 158 moscatéis de 16 países. O júri internacional atribuiu 52 medalhas, 21 de ouro e 31 de prata.

REGIÃO DEMARCADA DO MOSCATEL DE SETÚBAL – Os vinhos com Denominação de Origem (DO) “Setúbal”, tradicionalmente designados como Moscatel de Setúbal e Moscatel Roxo de Setúbal – produzidos a partir das castas que lhe dão nome – têm uma área geográfica produtiva delimitada, desde 1907, pelos concelhos de Setúbal, Palmela, Montijo e a freguesia do Castelo pertencente ao município de Sesimbra. Os vinhos Moscatel de Setúbal são únicos, inimitáveis e a sua longevidade tende para a eternidade. Os vinhos produzidos com a casta branca, Moscatel de Setúbal, caracterizam-se pelas suas especiais qualidades de aroma e sabores peculiares e inconfundíveis, resultantes da casta que é considerada a mais aromática do mundo e das condições edafo-climáticas da Península de Setúbal. De cor dourada, que vai do topázio claro ao âmbar, e aroma floral exótico, insinuando a flor de laranjeira e a tília, por vezes rosas, com toques de mel, citrinos, líchias, peras e tâmaras nos vinhos novos e aromas mais complexos e subtis com notas de frutos secos como avelãs, amêndoas e nozes, nos mais velhos. Os vinhos Moscatéis Roxos de Setúbal apresentam um elevado grau de doçura, são muito aromáticos e de sabor persistente. O solar desta casta é a Península de Setúbal. O seu aspeto é bastante diferente da casta branca Moscatel de Setúbal. Os seus cachos são pequenos e compactos, de bagos redondos e tom rosado, de extrema doçura. Esta casta, à semelhança do Moscatel de Setúbal, tem um perfil aromático riquíssimo e contribui, de forma inequívoca, para as características de aroma e sabor dos vinhos a que dá origem. Comparativamente, com os vinhos da casta Moscatel de Setúbal, este vinho generoso possui um aroma mais seco e complexo, mas não menos rico, à prova excede as expectativas criadas pelo aroma exibindo um paladar finíssimo onde ressaltam as especiarias e as compotas de ginja e figo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *