MILLENNIUM ESTORIL OPEN

SEGUNDO WILD CARD ATRIBUÍDO menino-prodígio brasileiro JOÃO FONSECA com convite para quadro principal.

Atual campeão júnior do US Open

  • Número um mundial de juniores em 2023
  • Primeiro jogador de 2006 nos ‘quartos’ de um ATP 500
  • Grande revelação no Rio Open com apenas 17 anos
  • Escolhido como embaixador da marca de Roger Federer

A pouco mais de duas semanas da nona edição do Millennium Estoril Open, a organização divulgou o nome de João Fonseca, de 17 anos, como o destinatário do segundo wild card para o quadro principal de singulares do maior evento tenístico nacional — que irá decorrer entre 30 de março e 7 de abril nas instalações do Clube de Ténis do Estoril.

“Quero agradecer este wild-card especial para o maior evento de Portugal. Estou muito feliz por disputar um dos melhores torneios ATP 250 do mundo e pela oportunidade de competir no meu primeiro torneio do ATP Tour na Europa”, refere o atual campeão mundial de juniores, João Fonseca. “Sei do peso da comunidade brasileira em Portugal e estou ansioso por conhecer a ‘Terra do Espetáculo’ na primeira semana de abril. Conto com a torcida de todos”.

O jovem brasileiro terminou a época transata na liderança do ranking mundial de sub-18 ao vencer o US Openna respetiva categoria, após ser vice-campeão de pares juniores no Open da Austrália; também liderou a seleção brasileira à conquista da Junior Davis Cup. Este ano, já está a conseguir excelentes resultados no circuito profissional e a corresponder às expectativas daqueles que o consideram um digno herdeiro de Gustavo ‘Guga’ Kuerten — tricampeão de Roland Garros e número um mundial de 2000 ao vencer a Masters Cup(ATP Tour Finals) jogada em Lisboa.

“Uma das tradições do Millennium Estoril Open é a aposta em jovens talentos e campeões do futuro. Pelo Clube de Ténis do Estoril já passaram Nick Kyrgios, Andrey Rublev, Ben Shelton, Taylor Fritz, Borna Coric, Stefanos Tsitsipas, Felix Auger-Aliassime ou Carlos Alcaraz numa fase precoce das respetivas carreiras. Temos acompanhado o João Fonseca desde o ano passado e, após uma notável época nos torneios júnior do Grand Slam que fez dele campeão mundial de sub-18, começou o presente ano com meias-finais no forte Challenger de Buenos Aires e atingiu os quartos-de-final no ATP 500 do Rio de Janeiro”, assinala o diretor do Millennium Estoril Open, João Zilhão. “Tem uma pancada de direita demolidora e nos bastidores já há muita gente a garantir, desde analistas a treinadores, que ele tem tudo para ser o novo Gustavo Kuerten”.

Com 17 anos e 1m85 de altura, o jovem carioca é 342º no ranking mundial e o primeiro tenista nascido em 2006 a atingir a antepenúltima fase de um evento do ATP Tour — ao bater o top 40 Arthur Fils e o ex-top 10 Cristian Garin a caminho dos quartos-de-final do Rio de Janeiro. É o segundo mais jovem na história dos torneios ATP 500 a fazê-lo e o primeiro desde que Alexander Zverev atingiu igual fase da competição em Hamburgo (2014). O seu primeiro brilharete no circuito profissional surgiu muito cedo, em 2022, ao atingir os quartos-de-final do Challenger de São Leopoldo; não foi por acaso que a On, a empresa de equipamento desportivo parcialmente detida por Roger Federer, escolheu o jovem brasileiro para se juntar aos consagrados Iga Swiatek e Ben Shelton como embaixador da marca.

Os ingressos para o fim-de-semana das meias-finais e final — sábado 6 e domingo 7 de abril — já esgotaram com grande antecedência, assim como para o dia 2 de abril, para a sessão noturna do dia 5 de abril e para o sábado do fim-de-semana do qualifying (30 março). Os ingressos para os restantes dias também estão praticamente a esgotar e podem ser adquiridos nos locais habituais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *