FESTIVAL INTERNACIONAL DOS AÇORES

A 17ª EDIÇÃO DO Festival Internacional dos Açores realizar-se-á de 30 de agosto a 4 de setembro de 2022, numa fase do verão em que se sente o prenúncio do outono. Esta edição de 2022 pretende comemorar os cem anos do nascimento do escritor José Saramago, para quem a música foi uma paixão, quase em pé de igualdade com a literatura. O violoncelo era um dos instrumentos de eleição para Saramago, como ressuma claramente de sua obra As Intermitências da Morte. Neste seu romance, o violoncelista consegue a proeza de seduzir e de humanizar a morte através da sua. Perante a morte transformada numa mulher, também o violoncelista, «rodeado de livros, de cadernos de música, de partituras», se transforma no «próprio Johann Sebastian Bach compondo em cöthen o que mais tarde seria chamado o opus mil e doze».

O escritor português José Saramago, que foi um cidadão do mundo e de cuja obra sobreleva um caráter marcadamente universal, apreciava igualmente a insularidade. Viveu-a em Lanzorote, fez questão de lançar o Ensaio sobre a Lucidez na Academia das Artes em Ponta Delgada e “salvou” inexplicavelmente os Açores de uma previsível colisão com A Jangada de Pedra.

O aliciante programa musical da edição de 2022 do Festival Internacional dos Açores, em sintonia com o património natural e edificado das ilhas Terceira & S. Miguel, conta ainda com actividades complementares, tais como masterclasses e atividades de sensibilização e valorização da herança natural e cultural açoriana, chamando assim a atenção não só para a arte e a criatividade lato sensu, mas também para a sustentabilidade ambiental e para a importância do trabalho interdisciplinar e em rede em todos os domínios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.