Festival ART&TUR

OS VENCEDORES DA 15.ª edição do ART&TUR – Festival Internacional de Cinema de Turismo foram conhecidos durante a noite de ontem, numa gala de entrega de prémios que teve como palco o Teatro Municipal de Ourém, cidade onde decorreu o festival, de 25 a 28 de outubro.

O Festival ART&TUR é um evento de grande importância no panorama internacional dos festivais de cinema de turismo, atraindo todos os anos os melhores filmes promocionais e documentários sobre turismo, nacionais e internacionais que se produzem no mundo. As últimas cinco edições do festival realizaram-se no Centro de Portugal, nomeadamente em Leiria, Torres Vedras, Viseu, Aveiro e, agora, Ourém. O ART&TUR integra a rede mundial do CIFFT – Comité Internacional dos Festivais de Filmes de Turismo, que elege anualmente o melhor filme de turismo a nível mundial, entre todos os filmes que percorrem o circuito internacional de 14 festivais. Alexander Kammel e Hugo Marcos, respetivamente diretor e secretário-geral do CIFFT, estiveram presentes na gala.

Durante os quatro dias do Festival, foram exibidos os filmes que integraram a shortlist da competição, selecionados entre os 281 filmes promocionais e documentários, de 32 países, que se inscreveram e que foram avaliados pelo júri internacional. No total, foram exibidos 87 filmes.

O grande vencedor do festival foi o filme “The Majestic Adventures of Ofélia de Souza”, apresentado pela região de turismo Porto e Norte de Portugal. Esta produção promocional ganhou o Grande Prémio, referente ao melhor filme, nas duas competições que integram o evento, a competição nacional e a internacional.

Francisco Dias, diretor do Festival, salienta que “o 15.º Festival ART&TUR, em Ourém, conseguiu atrair visitantes de países tão remotos como Japão, Filipinas, Taiwan, Indonésia, Nova Zelândia, Maurícia, Irão, Paquistão e África do Sul. A abrangência internacional do ART&TUR é um reconhecimento inequívoco da sua importância a nível global. A comprová-lo estão também as cerca de 200 notícias que já foram publicadas sobre o Festival, a maioria delas em países tão diversos como Croácia, Japão, Chile ou Taiwan”.
Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal, sublinha que “o ART&TUR é um instrumento poderoso, não só na estruturação da promoção dos destinos, mas também um ativo muito forte no cross selling com outros produtos e outros destinos. Acredito que deste Festival sai um contributo muito válido para o caminho de afirmação e consolidação nacional e internacional dos filmes de turismo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.