DigitALL FUNDAÇÃO VODAFONE PORTUGAL

DigitALL já ensina competências digitais a 7 mil alunos do ensino básico

  • No atual ano letivo estão abrangidas 58 escolas do Ensino Básico, de norte a sul do País, envolvendo mais de 1300 professores e 20 monitores;
  • Protocolo com 11 Municípios e 12 Agrupamentos de Escolas;
  • Parceria institucional com a Direção-Geral da Educação reconhece o valor do Programa DigitALL da Fundação Vodafone Portugal.

Um ano e meio depois do seu lançamento oficial, o DigitALL – programa de desenvolvimento de literacia e competências digitais de jovens estudantes – já faz parte da rotina semanal de sete mil alunos do primeiro e segundo ciclos. No atual ano letivo (2022/23), esta iniciativa da Fundação Vodafone Portugal chega a 58 escolas de norte a sul do País, proporcionando aprendizagem experiencial aos alunos, através de dispositivos e recursos digitais, além de capacitar os professores nas áreas de ensino STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática).

Durante uma aula semanal com 50 minutos de duração, os alunos das escolas abrangidas são desafiados a desenvolver projetos com recurso a novas tecnologias e a explorar e desenvolver presencialmente, em grupo e de forma interativa, as suas competências técnicas, comportamentais e sociais. Complementarmente, através do “DigitALL em Casa” (plataforma em https://digitall.vodafone.pt), estes jovens estudantes e os professores do 1.º e 2.º ciclos podem realizar autonomamente atividades de formação.

No total, o programa envolve atualmente mais de 1300 professores e 20 monitores DigitALL, que asseguram a formação presencial. As escolas – integradas em 12 Agrupamentos de Escolares dos municípios de Arganil, Barreiro, Coimbra, Faro, Loures, Mangualde, Óbidos, Odivelas, Paredes, Sintra e Tomar -, foram selecionadas para participar no programa através de candidaturas que decorreram em abril. Por outro lado, a plataforma DigitALL, na vertente de autoaprendizagem a distância, já impactou cerca de 43 mil utilizadores e disponibiliza 40 atividades de acesso livre.

Para além dos protocolos assinados com os Municípios e Agrupamentos de Escolas envolvidos no projeto, e tendo a Direção-Geral da Educação reconhecido a importância e a qualidade do projeto DigitALL, em particular nos contributos que pode acrescentar às áreas da Matemática e das Tecnologias de Informação e Comunicação, estabeleceu-se uma parceria institucional entre as partes.

“Dentro do foco da Educação, o desenvolvimento de Competências Digitais é uma das áreas privilegiadas pela Fundação Vodafone Portugal e, nesse sentido, o Programa DigitALL está já hoje a transformar a experiência de aprendizagem nas escolas. Conseguirmos, um ano e meio depois do lançamento, chegar a 7000 alunos, é revelador do interesse e da importância dada pela Comunidade Escolar ao desenvolvimento de competências digitais, comportamentais e sociais, fundamentais para se criar uma sociedade digital mais sustentável e inclusiva. A parceria que celebrámos com a Direção-Geral da Educação vai contribuir para impulsionar ainda mais o alcance deste programa que, esperemos, chegue a milhares de outros alunos ao longo dos próximos anos letivos”, refere Luísa Pestana, Presidente da Comissão Executiva da Fundação Vodafone Portugal.

“A Direção-Geral da Educação (DGE), enquanto a entidade responsável pela definição e implementação do plano de capacitação digital das escolas, desenvolvido no âmbito do Programa de Digitalização para as Escolas, congratula-se pela parceria institucional, estabelecida com a Fundação Vodafone, para o alargamento do programa DigitALL.  Assim, a DGE reconhece a particular relevância deste programa, que visa contribuir para o desenvolvimento de competências digitais, bem como de competências sociais, de acordo com os documentos curriculares orientadores em vigor, procurando, ainda, contribuir para a motivação dos alunos e a capacitação dos docentes. A aposta em recursos educativos digitais de qualidade científico-pedagógica constitui-se como uma oportunidade para diversificar e enriquecer a experiência escolar, melhorando o processo de ensino e de aprendizagem, nomeadamente em áreas como as STEM”, refere José Víctor Pedroso, Diretor-Geral da Educação.

Esta iniciativa da Fundação Vodafone Portugal foi distinguida nas últimas semanas com o Prémio Reconhecimento de Práticas em Responsabilidade Social e Sustentabilidade 2022 da Associação Portuguesa de Ética Empresarial, na Categoria ‘Comunidade’ do Eixo de Responsabilidade Social. Esta distinção reconhece organizações que assumem responsabilidade sobre os impactes das suas decisões e atividades, criam valor para as partes interessadas e contribuem para o desenvolvimento sustentável.

Lançado em abril de 2021, o DigitALL é dirigido a crianças dos 6 aos 12 anos de idade e faz parte da iniciativa #SkillsUploadJr, vigente em sete mercados onde a Fundação Vodafone está presente.

O programa quer tornar-se uma referência no contexto das competências fundamentais para o século XXI e no quadro das competências digitais da União Europeia, utilizando as novas tecnologias como meio de desenvolvimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *