AMBIENTE CASCAIS

PROJETO TERRAS DE CASCAIS INAUGURA FORNO A LENHA DA QUINTA DO PISÃO

Dia 21 de janeiro marca o início da programação da inauguração do forno a lenha da Quinta do Pisão. Quatro eventos em quatro semanas, cada um com um tema diferente, mas todos dedicados aos cereais biológicos e à utilização do forno. Uma iniciativa que pretende juntar padeiros chefs, moleiros e munícipes do concelho.

A programação de lançamento deste novo equipamento inclui quatro eventos, nos dias 21 e 28 de janeiro e 4 e 11 de fevereiro, com o objetivo de reunir padeiros, chefs, moleiros e técnicos da área, em formato de workshop e troca de experiências. As atividades têm por objetivo abordar temáticas relacionadas com a importância e vantagens do forno tradicional e dos cereais biológicos, com destaque para a confeção do pão, em forno a lenha, e inserem-se na estratégia do Concelho de Cascais para a promoção de um sistema alimentar local, sazonal e biológico, através do projeto Terras de Cascais.

“Promover a produção local e regenerativa é uma das faces do nosso compromisso maior com a sustentabilidade ambiental e social. Por um lado, queremos colocar Cascais na vanguarda da consciencialização para um sistema alimentar mais sustentável (cadeias mais curtas, mais seguras, produção de base regenerativa),  por outro, sensibilizar os munícipes para a importância do produto local e da agricultura regenerativa, e, por fim, promover a economia local com benefícios económicos, sociais, ambientais e culturais para os pequenos produtores, para os consumidores e para as zonas rurais/saloias. Tudo isto no sentido de assegurar uma maior sustentabilidade do território e uma alimentação mais acessível, saudável e sustentável para todos.”, afirma Joana Balsemão, vereadora para a área do Ambiente da Câmara Municipal de Cascais.

O primeiro evento decorre já dia 21 de janeiro, entre as 08:00 e as 12:00, tem como tema ‘Pão com Coração, Padaria com o coração no lado certo’ e será um workshop, no qual oito formandos da Cercica, sob a orientação das formadoras Sónia Casimiro e Julia Seiraya, irão preparar duas variedades de pão inspiradas nos produtos da Horta da Quinta do Pisão. Inicialmente será apresentado o projeto ‘Pão com Coração’ e ao longo da aula serão feitas explicações técnicas e respondidas questões que possam surgir. Quem se increve neste workshop pode aprender como fazer pão e, a seguir, provar os resultados.

O chef Vítor Sobral vai estar na Horta da Quinta do Pisão, no dia 28 de janeiro, das 10:00 às 12:30, para falar sobre a utilização tradicional deste tipo de forno, desde o pão aos assados, e confecionar pão e ainda uma pizza fechada com outros ingredientes da horta. No final da demonstração, vai ser hora de saborear os resultados.

O dia 4 de fevereiro será dedicado ao ‘Trigo Barbela, a produção local e a Alquimia do Pão’, num workshop conduzido por Celso Santos, padeiro produtor (que acompanha todo o circuito do cereal, desde a sementeira até ao pão) e João Vieira, protetor e impulsionador do trigo barbela, uma espécie de trigo rica em óleos e nutrientes, quase inexistente nas searas nacionais. O evento terá lugar das 10:00 às 12:00.

O chef João Matos será o responsável pelo workshop do dia 11 de fevereiro com o tema ‘Um forno a lenha numa cozinha moderna’. Durante esta sessão, João Matos terá oportunidade de explicar as vantagens de cozinhar num forno a lenha e de confecionar Tártaro de beterraba, Taco de abóbora e tangerina e Açorda de beringela. Tudo será cozinhado no forno e a alga noori ou a folha de alface irão servir de tortilha para o taco. O evento realizar-se-á entre as 10:00 e as 12:30.

Após este ciclo de quatro eventos, a Quinta do Pisão continuará com as suas iniciativas e todos os sábados, entre as 9:00 e as 13:00, haverá pão de trigo barbela com massa mãe, biológico produzido na horta da Quinta do Pisão, cozido no forno a lenha, com a participação de cerca de quatro padeiros locais que se vão revezando e apresentando a mesma receita, mas confecionada por mãos diferentes a cada sábado.

Em paralelo, passará a ser também possível utilizar o forno, por marcação, de segunda a sexta-feira, entre as 9:00 e as 12:00. Ao longo de todo o ano, irão ser realizadas atividades pedagógicas dirigidas às crianças e workshops variados, inclusive com chefs, nos quais os participantes poderão ter acesso a informações mais técnicas, como as valências e potencialidades do forno a lenha.

As inscrições para os eventos são obrigatórias e podem ser feitas através do site da Cascais Ambiente. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *