QUINTA DAS CARVALHAS

A REAL COMPANHIA VELHA vai brindar clientes e enófilos com uma prova muito especial, por ocasião dos 10 anos de vinhos DOC Douro com origem na Quinta das Carvalhas, a mais emblemática propriedade da empresa. Sob o mote “Uma década de Carvalhas”, uma vertical de ‘Vinhas Velhas tinto’ com 10 vinhos – desde a primeira colheita, de 2010, a 2019, esta última em première e com lançamento previsto apenas para o ano. A prova vai ser conduzida pela dupla Jorge Moreira, diretor de enologia da Real Companhia Velha, e Álvaro Martinho Lopes, responsável de viticultura da Quinta das Carvalhas. Um momento irrepetível e que promete ser memorável.

Com a designação “Uma década de Carvalhas: prova vertical de Vinhas Velhas DOC Douro tinto”, vai ter lugar na segunda-feira, dia 10 de Outubro de 2022, às 11h30, na Sala Iglo do Pavilhão 1 da FIL, no Parque das Nações, em Lisboa, integrando o programa oficial do evento ‘Grandes Escolhas Vinhos & Sabores 2022’. Com lugares limitados, a inscrição é feita, por ordem de chegada e idealmente até dia 07 de Outubro, junto da Real Companhia Velha, através dos contactos 937 790 005.

A feira ‘Grandes Escolhas Vinhos & Sabores 2022’ vai decorrer de 08 a 10 de Outubro, marcando a Real Companhia Velha presença no stand n.º 183, com uma vasta oferta do seu portefólio de vinhos do Douro e Porto, com origem nas suas cinco Quintas: Aciprestes, Carvalhas, Cidrô, Granja e Síbio. Soma-se ainda a presença do ‘Carvalhas branco 2019’, um dos grandes vencedores do Concurso de Brancos “A Escolha do Mercado”, num stand dedicado aos premiados desta competição, espaço esse gerido pela organização, a cargo da revista Grandes Escolhas.

Carvalhas: vinhos que expressam a origem do terroir da Quinta que lhes dá nome 

Com mais de 500 hectares, a Quinta das Carvalhas é uma propriedade de grande beleza e espetacularidade, sendo que a mais antiga referência escrita sobre esta Quinta remonta a 1759. Situada na margem esquerda do rio Douro, junto ao Pinhão, tem uma área de vinha de 150 hectares, dos quais 38 são de Vinhas Velhas, prestes a alcançar a respeitável idade de um século.

Em 2010, sob a batuta do presidente da Real Companhia Velha Pedro Silva Reis, Jorge Moreira, na enologia, e Álvaro Martinho Lopes, na viticultura, tiveram o grande desafio de criar vinhos DOC Douro com origem nas vinhas desta emblemática Quinta. O ‘Carvalhas branco’ e o ‘Carvalhas Vinhas Velhas tinto’, ambos de 2010, encetaram as hostes, tendo sido lançados há precisamente uma década, em Outubro de 2012. Anos mais tarde, a gama Carvalhas somou mais dois tintos, ambos monocasta: Tinta Francisca e Touriga Nacional.

O ‘Carvalhas Vinhas Velhas tinto’ é um vinho muito intenso, complexo, cheio de carácter e estrutura. Surpreende pela elegância, firmeza dos seus taninos e pela enorme persistência em prova. É a expressão máxima das vinhas velhas da Quinta das Carvalhas, situadas em encosta com exposição norte: das vinhas retira a concentração e profundidade e da exposição a frescura e o equilíbrio. É um vinho claramente de guarda, que que ganha muito com estágio em garrafa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.