Toyota RAV4 Plug-in Hybrid

COM UMA LONGA HISTÓRIA no mundo dos híbridos, sabendo que a Toyota nem sempre foi a maior adepta das soluções plug-in, capazes de carregar o sistema através da rede. Mas agora, com o aumentar de possibilidades nesta nova realidade do eletrificado, começam a surgir mais modelos que acrescentam as vantagens do plug-in às reconhecidas características do hybrid. Até porque neste caso, a parte do hybrid também fica muito mais competente, e nota-se a presença de dois motores elétricos.

No caso do Toyota RAV4 Plug-In Hybrid, trata-se de um SUV que já nos disponibiliza mais de 300 cv de potência combinada do sistema. E em modo totalmente elétrico, estão anunciados quase 100 quilómetros de autonomia, caso se circule sempre em ambiente urbano. Num percurso misto, a regeneração de energia já não é tão frequente e a bateria de 18,1 kWh apenas consegue alimentar o sistema durante 75 quilómetros, algo que, ainda assim, está bastante acima da média.

Voltar a pegar no volante do RAV4, sentir a sua condução simples, a potência elétrica bastante vigorosa e disponível, sendo fácil utilizar o sistema de um modo em que o motor de combustão nem sequer seja preciso, é sempre agradável. A bordo, o RAV4 também se distingue e mostra porque é que continua a ser o SUV mais vendido do planeta, com um espaço suficientemente amplo para uma pequena família e com uma dose de conforto e equipamento que gostaremos  de utilizar na nossa rotina diária. E com esta versão, surgem também alguns apontamentos mais modernos e de visual mais desportivo, com detalhes em vermelho no habitáculo, apenas com o objetivo de atualizar uma gama, que já conta com mais de dois anos de presença no mercado nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.