RENAULT CAPTUR E-TECH Hybrid Plug-In

 

DEPOIS DE UMA RENOVAÇÃO TOTAL deste modelo há pouco mais de um ano, com diversos argumentos que cimentaram a sua presença no topo da tabela de vendas, o novo Captur fica ainda mais interessante com a chegada da versão híbrida plug-in. Trata-se de uma das opções que faz parte desta nova família de modelos eletrificados da marca francesa e conta com o mesmo sistema híbrido que encontramos, por exemplo, no Renault Mégane. Visualmente, o novo Captur apresenta um desenho mais moderno e arrojado, especialmente quando olhamos para o formato das óticas da secção traseira. A qualidade percetível está diversos furos acima do que acontecia com o seu antecessor e também estão presentes diversas das soluções de conectividade que já encontramos em outros modelos da gama. No entanto, o grande destaque desta versão é mesmo o sistema híbrido plug-in, que inclui uma motorização térmica a gasolina com 1,6 litros de capacidade e que foi desenvolvida especificamente para este sistema, mas também um conjunto de baterias destinado a alimentar os dois motores elétricos existentes. Um deles está destinado apenas a alimentar sistemas que precisam de um pouco mais de energia, como a caixa automática que funciona sem embraiagens, uma solução que a marca herdou diretamente da fórmula 1. E o outro é o que consegue fazer locomover o Captur em modo totalmente elétrico quando o motor de combustão é dispensado. A autonomia máxima ronda os 50 quilómetros num percurso misto, mas pode chegar aos 65 quilómetros se nos restringirmos aos trajetos citadinos, em que as hipóteses de regeneração de energia são muito mais numerosas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *