Mercedes-EQ EQS 450+

FORAM DIVERSOS OS MODELOS DA ESTRELA a chegar ao mercado nos últimos tempos com a sua sigla a começar por EQ. São estas as duas letras que identificam a presença de uma nova opção totalmente elétrica e que a marca alemã quer estender a todos os segmentos em que está presente. No entanto, há apenas dois modelos (com mais dois a caminho), que foram desenvolvidos de raiz com esta finalidade: o EQS e o EQE. E neste caso, o modelo que nos acompanhou durante uns dias, é a versão de acesso à versão de topo da nova família EQ da Mercedes, ou seja, o EQS 450+.

Com mais de 5,2 metros de comprimento e quase dois de largura, o EQS é um modelo que se faz notar. Ainda que tenha adotado alguns elementos visuais que são comuns à maioria das versões ‘EQ’, este EQS identifica-se facilmente pela sua presença e visual de um topo de gama. A sofisticação visual é oferecida pelo sistema de iluminação totalmente em LED que, tanto na frente como na traseira, se prolongam por toda a largura do carro, o que se traduz numa imagem mais tecnológica, especialmente nas horas em que o sol já não nos faz companhia. Do lado de dentro do EQS, percebemos facilmente porque é que está incluído um ‘S’ na sua designação, uma vez que além do espaço e da tecnologia, há também uma elevada dose de conforto.

 

Com a versão EQS 450+ está presente uma única motorização elétrica, instalada no eixo posterior, e que soma cerca de 333 cavalos de potência e 568 cavalos de binário, todos direcionados para o eixo em que o motor está instalado. E quando à autonomia, a Mercedes declara um valor máximo de 749 quilómetros o que continua a ser um dos números mais incríveis do mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.