Kia EV6

LINHAS DINÂMICAS E SOFISTICADAS – O visual futurista do novo Kia EV6 começa a captar a nossa atenção desde o primeiro momento em que nos cruzamos com um destes novos modelos. O seu tamanho é considerável e fica quase num patamar entre um familiar convencional e um SUV, mas com umas medidas mais generosas em termos de comprimento e largura da carroçaria.

O desenho sofisticado do novo KIA EV6 ganha mais ênfase quando olhamos para os sistemas de iluminação totalmente em LED, especialmente na secção traseira em que são compostos por uma enorme faixa vermelha que termina nos indicadores de mudança de direção dinâmicos. Com jantes de 19 polegadas, no caso da unidade ensaiada, o tamanho das cavas das rodas é também bastante generoso, tal como o resto do conjunto, e com um pouco mais de atenção, acabamos por descobrir pormenores interessantes como a iluminação lateral do carro, engenhosamente arrumada na zona lateral do spoilertraseiro, ou mesmo o espaço de arrumação debaixo do capot, que não é uma tampa plástica convencional e sim um pequeno portabagagens para objetos menos volumosos.

ESPAÇO DISPONÍVEL NO HABITÁCULO

No meio das muitas virtudes do novo KIA EV6, uma que se destaca consideravelmente das outras está relacionada com o espaço disponível no habitáculo. A necessidade de arrumar a bateria do sistema elétrico entre ambos os eixos fez com que estes tivessem de estar quase 3 metros afastados um do outro, o que se traduz numa margem de manobra enorme para a equipa responsável pela configuração do habitáculo. E assim, foram reservados mais de 500 litros para a bagageira, uma boa dose de espaço para quem viaja na frente e para todos os sistemas necessários de incluir nesta área, e depois, com todas as contas feitas, ainda sobrou uma área para os passageiros traseiros, onde é possível sentarmo-nos com o máximo de conforto e quase ter espaço para traçar a perna enquanto lemos o jornal. E se a leitura for feita num iPad, por exemplo, as costas dos assentos dianteiros contam com tomadas USB para o seu carregamento.Para melhorar ainda mais o ambiente a bordo para quem viaja atrás, tanto o assento como o piso do habitáculo são totalmente planos, fazendo com que, caso seja necessário a presença de três pessoas nos lugares traseiros, continue a haver mais espaço disponível do que em muitos topos de gama. Nos lugares da frente, o volante de dois braços é o elemento com o formato mais fora do comum, mas depois, temos também uma consola central entre os assen-tos que parece estar a flutuar e que inclui um enorme espaço de arrumação por baixo da mesma, com diversas tomadas de carregamento próximas, perfeito para ir carregando alguns dispositivos ao longo da viagem.

SENTADO AO VOLANTE

Para quem vai sentado ao volante, a posição de condução é correta e simples de encontrar, graças a regulações amplas na coluna da direção e no assento. No caso das pessoas que têm de utilizar os postos de carregamento públicos enquanto esperam no carro, a Kia dotou os assentos dianteiros de uma posição reclinável específica, que oferece o melhor nível de conforto e ergonomia enquanto se aguarda que a ener-gia preencha a bateria. De volta à consola, é também aqui que encontramos o comando rotativo destinado à caixa de uma só relação, alternando ape-nas a direção em que nos queremos deslocar, e uma área específica onde poderemos colocar o nosso smartphonea carregar. Como ponto menos positivo fica o facto de o sistema Apple CarPlay ou Android Auto não poder ser utilizado sem fios, o que nos obriga a colocar o telefone noutro lado, ou ter um cabo pendurado por cima desta mesma consola.

Em frente ao condutor, os dois monitores retangulares oferecem uma quantidade enorme de informações e o central, de comando tátil, requer mesmo que passemos uns minutos a familiarizarmo-nos com os mais variados menus e soluções existentes, para que depois, com o carro em movimento, seja mais simples aceder às diversas funções que oferece. Uma das mais interessantes, por exemplo, é um simples quadro onde podemos verificar, em tempo real, qual a quantidade de energia que está a ser usada para cada componente, sejam os relacionados com a condução, com a climatização, com o sistema eletrónico ou com a proteção da bateria.

AUTONOMIA DO Ev6

Com uma capacidade de 77,4 kWh, a Kia afirma que o seu EV6 consegue percorrer até 740 quilómetros com uma carga. Mas isto, segundo as normas WLTP e com condições ideais de utilização. No mundo “real” e com a carga próxima dos 80%, o valor indicado na autonomia do computador de bordo mal chegava aos 400 quilómetros. Mas, em compensação, foi necessário percorrer mais de 100 para que o três das “centenas” desse lugar ao dois. Em ambiente urbano, o sistema de regeneração variável permite-nos escolher o modo mais adequado ao nosso estilo de condução, mas se optarmos pela posição automática, o sistema consegue efetuar um trabalho excelente e até acrescentar alguns quilómetros à autonomia máxima do EV6. Numa rotina convencional, estamos seguros de que não chegará aos 740 declarados, mas com apenas uma carga, não será difícil percorrer mais de 500 quilómetros.O motor com cerca de 230 cv é perfeito para o EV6, primando, obviamente, pelo silêncio, mas também pela suavidade de utilização. Não tem a aceleração tipo bala de canhão a que começamos a estar habituados com os automóveis elétricos, mas oferece uma aceleração cheia e vigorosa, ideal para uma con-dução divertida. E se quisermos um pouco mais de dinâmica, o modo de condução mais desportivo ainda consegue dar uma ajuda em termos de resposta ao pedal do lado direito.

O Kia EV foi a primeira proposta da marca a usar a nova plataforma e-GMP, que também podemos encontrar, por exemplo, no Hyun-dai IONIQ5, com o qual partilha diversos componentes. Representa um gigante passo para a marca coreana e uma subida de pata-mar em termos de oferta neste novo mundo eletrificado. E além dos pormenores interes-santes e diferentes que fomos descobrindo ao longo deste ensaio, tal como o sistema de estacionamento remoto, por exemplo, há ainda outros como o sistema C2L (car to load), que permite usar a carga da bateria para car-regar coisas como uma bicicleta, um aspirador ou qualquer outro eletrodoméstico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *