FIAT PROPÕE FUSÃO À RENAULT

FIAT PROPÕE FUSÃO À RENAULT – e, como escreveu a administração dos primeiros, criarem um “líder mundial numa indústria em rápida transformação” – A junção dos italianos com os franceses seria o início de um terceiro líder fabricante de automóveis do mundo. A gestão da FCA (Fiat Chrysler Automobiles), antevê a necessidade de se tomar “decisões corajosas” para “aproveitar as oportunidades” que estão a ser criadas pela “transformação da indústria em áreas como a conectividade, a electrificação e a condução autónoma”. A FCA propõe a partilha de plataformas, arquitecturas, motores e tecnologias, não esquecendo que a mesma já tem ando experiência em fusões. Esta nova empresa teria a sua sede na Holanda e detida em partes iguais.

A Renault confirmou, esta manhã, que vai reunir-se ainda hoje para analisarem a proposta . A concretizar-se o negócio, este novo grupo passaria a incluir no mesmo núcleo industrial e comercial uma mega-entidade automóvel que incluí marcas como: a Maserati, a Alfa Romeu Chrysler e Jeep (da Fiat) e a Dacia e a Lada, que são do grupo Renault.