FIAT PANDA HYBRID

 

MUITO ALEGRE E DIVERTIDO, o Fiat Panda passa agora também a ser muito mais ecológico graças à entrada em comercialização das versões híbridas nesta gama e no Fiat 500. O seu visual mais arrojado, atrevido e aventureiro já fazia parte da versão Cross, com para-choques específicos e de maiores dimensões, jantes de liga leve e proteções na carroçaria de tamanho mais evidente. Mas agora, a grande novidade é o sistema híbrido, que usa um sistema de 12V com uma bateria integrada e que tem a capacidade de ajudar o motor de combustão com apenas um litro de capacidade, sempre que este precise. A bateria do sistema é carregada através da energia gerada nas desacelerações e nas travagens, sendo que este sistema serve apenas de complemento ao motor de combustão. Ou seja, o Panda dificilmente circulará apenas com o modo elétrico ativo. Por outro lado, a ecologia não fica apenas restringida ao facto de estar presente este complemento. A bordo do Panda Hybrid, além do padrão de quadrados que desejavam ser círculos, mas não conseguiram, também estão presentes assentos forrados com um novo tipo de tecido, produzido com uma fibra especial que contém plástico reciclado, retirado do fundo dos oceanos. Tem um nome original (Seaqual), e um desenho que combina com o visual arrojado da carroçaria do pequeno Panda. O tamanho compacto deste modelo faz com que os 70 cavalos de potência disponíveis se portem muito bem nos ambientes mais citadinos, usufruindo de médias de consumo bastante comedidas graças à ajuda do sistema híbrido e que podemos ir verificando através do monitor central existente a bordo.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *