BMW Z4 M40i

A NOVA GERAÇÃO DO BMW Z4 já conta com uns anos no mercado, mas não é por isso que perde a sua elegância, nem oferece um prazer de condução inferior, muito antes pelo contrário. Num mundo que está a ficar cada vez mais eletrificado, um roadster de dois lugares com um motor de três litros, seis cilindros em linha, 340 cavalos e tração traseira, é um dos maiores mimos que nos podem oferecer nuns apetecíveis dias de Verão.

Se olharmos um pouco para o passado da marca, descobrimos facilmente que os motores de seis cilindros em linha são um dos seus trunfos mais preciosos e que os roadsters de dois lugares também já fazem parte da sua história há várias décadas, basta relembrarmos o 328 Roadster de 1936. Tudo isto, aliado ao prazer de condução que costuma estar associado aos modelos da marca bávara e com o BMW Z4 temos um modelo dos que melhor caracteriza a sua história. Mais ainda quando o motor de três litros também fez uma espécie de ‘estágio’ na M Performance e tem para oferecer 340 cavalos de potência, sendo identificado pela letra M na sua designação.

Segundo a marca, a aceleração dos 0 aos 100 km/h é efetuada em apenas 4,5 segundos e a velocidade máxima está limitada nos 250 km/h. Mas, para sermos sinceros, nem queremos saber disso. O Z4 M40i oferece os melhores momentos assim que nos sentamos ao volante, ligamos o motor e abrimos a capota em apenas dez segundos e até uma velocidade de 50 km/h. E depois, mais do que a velocidade, os verdadeiros momentos inesquecíveis do Z4 surgem quando passamos por uma estrada de árvores altas e sem grande ruído urbano, para que se desligue o rádio e se deixe os escapes traduzir aquilo que o motor está a tentar dizer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.