BMW M135i xDrive

 

COM O NOVO BMW Série 1, a marca deu um passo que já andava para dar há uns bons anos, mas nunca tinha encontrado o momento certo para o fazer. Com este novo modelo, há versões que passam a ser de tração dianteira (não esta), há uma redução dramática de peso, mas uma grande evolução na qualidade e no mundo da conectividade. Mas primeiro, há que destacar o facto de estarmos perante a versão mais desportiva de todas as disponíveis nesta gama. Não é um verdadeiro M, mas esta versão conta com o carinho do departamento da M Performance, uma espécie de meio-termo entre os verdadeiros desportivos da marca as opções mais convencionais. Para os identificar, contamos com a grelha dianteira e as capas dos espelhos pintados num tom de cinzento mate, bem como alguns outros detalhes. A designação M135i também inclui um motor de dois litros, sobrealimentado, com 306 cavalos de potência e que, ao contrário do que costuma acontecer, está montado transversalmente, um pouco à frente do eixo dianteiro. Mas a designação deste modelo também inclui a sigla xDrive, o que anuncia a presença de um sistema de tração integral, destinado a colocar os mais de 300 cavalos de potência no chão da melhor forma possível. Este sistema, consegue enviar metade da potência disponível para o eixo posterior, mas também inclui um diferencial mais desportivo no eixo dianteiro, o que não desilude numa estrada mais sinuosa, mas mostra que a marca tentou fazer algo de diferente com a nova geração deste modelo. A bordo, o desenho do tablier é bastante moderno e oferece uma clara melhoria nos materiais utilizados e claro que a posição de condução não poderia ser menos do que excelente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *