BMW 220d GRAND COUPÉ

O BMW 220d Gran Coupé está com uma arquitetura algo diferente daquilo que estamos habituados a ver na BMW, este novo Série 2 apresenta-nos um novo sistema de tração dianteira, destinado a puxar um habitáculo espaço e amplo, mas com o mesmo patamar dinâmico a que a marca já nos habituou. As linhas da carroçaria apresentam os traços mais modernos que já conhecemos de outros modelos, mas numa escala mais acessível em termos de preço e são claras as semelhanças com o mais pequeno Série 1, especialmente no que diz respeito ao habitáculo. Ao volante, a posição de condução é excelente e o sistema de entretenimento é também idêntico ao do Série 1, com um monitor tátil na zona mais acima da consola central e com os habituais comandos na consola central, entre os assentos, junto do comando da caixa de velocidades. Em termos de espaço, os lugares da frente serão muito mais cativantes que os traseiros que, ainda assim não fazem os seus ocupantes sofrer muito com a presença de uma linha de tejadilho mais descendente, ao jeito de um coupé, nem no espaço que é disponibilizado para as pernas. Nesta versão 220d, o motor é um bloco de quatro cilindros, montado transversalmente, que soma 190 cavalos de potência e permite que este modelo consiga prestações muito interessantes, tais como a aceleração dos 0 aos 100 km/h ligeiramente acima da fasquia dos sete segundos e a velocidade máxima anunciada, que supera os 230 km/h. E tudo isto, com uma média de consumo que não se chateia muito de ficar abaixo dos cinco litros para cada 100 quilómetros, graças, sobretudo, à ajuda de uma caixa automática de oito relações, bem escalonada, e que não dispensa os comandos manuais atrás do volante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *