MEDICINA DOMICILIÁRIA

5 de Julho de 2016

?????????????????????CUIDADOS DE EXCELÊNCIA

A Fundação Champalimaud desenvolveu um equipamento móvel para ir para casa com o doente, após a hospitalização, mantendo-o ligado ao hospital. O objetivo é oferecer uma medicina mais humana e mais segura. A unidade conta ainda com uma equipa de profissionais que acompanham os doentes e respetivas famílias.

O Centro Clínico Champalimaud (CCC) coloca à disposição dos doentes oncológicos, e respetivas famílias, uma Unidade de Hospitalização Domiciliária que leva até ao domicílio os cuidados de excelência prestados no Centro. O doente, o seu conforto e qualidade de vida são, sem dúvida, as principais preocupações da excelente equipa de profissionais, altamente qualificados, que prestam aos doentes todos os cuidados necessários. Agora esta excelência é possível também no domicílio, graças a esta nova aposta do CCC. De uma forma diferenciada e personalizada, estes profissionais representam uma extensão das Unidades Multidisciplinares do CCC que a todo o momento acompanham o doente, aliando a competência técnica à humanidade e disponibilidade permanente, sempre apoiados na inovação e investigação para melhorar os cuidados prestados e assim alcançar melhores resultados. A equipa multidisciplinar define e propõe um plano terapêutico individualizado, para que o doente fique em sua casa sem necessidade de internamento. Em função desse plano são destacados os especialistas que melhor podem acompanhar o caso e disponibilizados os equipamentos e ajudas técnicas necessários. Na especificidade dos cuidados continuados pós-cirúrgicos, o foco dos profissionais incide sobre a reabilitação do doente, devolvendo-lhe toda a funcionalidade que a ciência e as boas práticas clínicas conseguem proporcionar, e a constante procura da melhoria da qualidade de vida. Uma vez que a prioridade é o bem-estar do doente e dos seus familiares, a equipa está disponível todos os dias do ano, no horário que for mais conveniente, e sempre contactável. De entre os serviços disponibilizados, destaque para médicos e enfermeiros num acompanhamento 24 horas por dia, colocação e manutenção de todas as ajudas técnicas e equipamentos clínicos de apoio, higiene pessoal diária, apoio psicológico, nutrição e fisioterapia.

Mais saúde ao domicíliocuidarhr

A Fundação Champalimaud apresentou também, recentemente, um protótipo que demorou, cerca de um ano a ser concebido e que, segundo o responsável pelo mesmo, levará mais um ano a entrar no mercado. O aparelho, com rodas, tem um ecrã para a comunicação visual entre o doente e o hospital, e um monitor de sinais vitais, que dá informação sobre o estado do paciente. Deste modo, este poderá ser seguido em casa, evitando as infeções hospitalares e desocupando uma cama do hospital. Não foi divulgado o custo do aparelho, mas o objetivo é produzi-lo em massa, não só para o futuro hospital do cancro da Fundação Champalimaud – onde os doentes permanecerão após as cirurgias –, mas também para o vender a outros hospitais.



Categoria: Magazine

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image