OS TEMPLÁRIOS EM PORTUGAL E NAS CRUZADAS

EDITORA Zéfiro – Lídio Lopes.

UMA VISÃO AMPLA E DETALHADA da vida e obra dos monges-cavaleiros. A Ordem do Templo marcou de forma profunda a história do nascimento de Portugal e teve um papel primordial nas operações militares das Cruzadas à Terra Santa, onde foi fundada. Este período da época medieval, com todos os seus ingredientes, razões e causas, é um momento fascinante da nossa história.

Neste livro aborda-se uma série de temas, como a origem dos Templários – com Hugues de Payens e a influência de São Bernardo de Claraval –, a vida quotidiana dos monges guerreiros, os cargos, as relações com a Igreja, os seus mestres, os combates em que se envolveram, o seu fardamento, os seus símbolos, as lendas, os mitos e as relíquias com eles relacionadas, as comendas e os seus castelos, os vestígios gravados na pedra e os escritos depositados nos arquivos da época – das certezas próprias do que se espelha nos documentos originais, às interpretações de cada um –, para além de uma cronologia das Cruzadas na Europa, na Terra Santa e em Portugal, em matérias que se cruzam com os Templários, espelhadas com objectivas notas telegráficas que melhor esclarecem a acção, no seu tempo exacto de acontecimento.

Um estudo amplo e abrangente para que o leitor possa consolidar uma ideia, a sua ideia, sobre os homens que, num determinado tempo preciso, vestiram de branco, carregaram uma cruz vermelha junto ao coração e que, combatendo sem quartel, não estando autorizados a fugir ou a render-se perante o inimigo, tudo por «Cristo», morriam em terras estranhas em defesa da Cristandade, da Fé e da Cruz e que, no seu final, acabaram por ser considerados hereges que repudiavam e cuspiam nessa mesma Cruz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *