OS 5 HOMENS QUE MUDARAM PORTUGAL PARA SEMPRE

 D. Quixote

ISABEL NERY – Os cinco homens que mudaram Portugal para sempre são os políticos responsáveis pela mudança mais importante da história moderna do país: a transição para a democracia. Aqui se conta como foram as suas vidas, os seus sucessos e insucessos, o que mais os marcou e o que os fez lutar – e como todos estes cinco homens se cruzaram nesse período extraordinário saído de 40 anos de ditadura. 

Se Mário Soares regressa a Portugal quatro dias depois do 25 de Abril, Álvaro Cunhal chegará logo a seguir. Ambos tinham uma multidão à espera, mas cada um deu um rumo diferente à revolução.  

Enquanto os dois exilados testavam um lugar na vida portuguesa, Francisco Sá Carneiro era chamado do Porto a Lisboa para se reunir com Spínola, o presidente da Junta de Salvação Nacional. Por esses primeiros dias de liberdade, havia ainda espaço para a democracia cristã liderada por Diogo Freitas do Amaral. E embora António Ramalho Eanes estivesse em África no dia da revolução, o general ficaria para sempre associado ao 25 de novembro de 1975, quando a instabilidade do Verão Quente amaina e tudo, ou quase tudo, se clarifica… 

Soares, Cunhal, Sá Carneiro, Freitas do Amaral e Ramalho Eanes: sem estes homens, é difícil imaginar a nossa democracia. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.