O TRIUNFO DOS PORCOS

DOM QUIXOTE

JORGE ORWELL – Após anos a serem explorados, os animais da Quinta Manor revoltam-se. O agricultor que os subjugava é expulso com violência, triunfa a rebelião liderada pelos porcos e passa a vigorar: “Todos os animais são iguais…” Com os humanos fora da equação, os animais organizam-se. Porcos, cães, cavalos e galinhas vivem durante um breve período uma utopia de igualdade. Mas cedo começam as intrigas, a organização social fratura-se, nasce uma outra hierarquia, e com ela uma adenda ao princípio fundador: “…mas alguns animais são mais iguais do que outros.” A frase completa-se, fecha-se o círculo e nasce um dos melhores romances do século XX.
Publicado ainda durante a Segunda Guerra Mundial, revelou ser a alegoria perfeita (e profética) sobre a ascensão ao poder de Estaline e a consequente subversão dos ideais revolucionários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *