LÍBANO, LABIRINTO

 CAMINHO

ALEXANDRA LUCAS COELHO, escritora, com o livro “Líbano, Labirinto”, editado pela Editorial Caminho, venceu o Oceanos 2022 – Prémio de Literatura em Língua Portuguesa. A cerimónia de entrega decorreu, hoje, em Maputo, Moçambique. A obra “Museu da Revolução”, do escritor João Paulo Borges Coelho, também editada pela Editorial Caminho, ficou em segundo lugar.

Primeira obra de não-ficção a ganhar o prémio de 250 mil reais (45 mil euros), em “Líbano, Labirinto” a autora, “constrói um livro poderoso sobre os afetos e a guerra, a angústia e a esperança.”, combinando “géneros de tradição: a crónica, a grande reportagem, a narrativa de guerra, o testemunho e a memória”, como observou um dos membros do júri final, Joselia Aguiar, jornalista e curadora literária.

Ao Prémio Oceanos 2022 concorreram 2452 obras publicadas em sete países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Estados Unidos, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal. Pela primeira vez o anúncio dos vencedores do Oceanos foi feito num país de língua portuguesa do continente africano. A cerimónia decorreu no Centro Cultural Brasil-Moçambique, em Maputo, e foi transmitida ao vivo pelo site do Itaú Cultural e pelo canal do Oceanos no YouTube.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *