VISITA PAPA FRANCISCO

5 de Maio de 2017

Pope Francis waves after leading his weekly general audience at St. Peter's Square at the VaticanVISITA AGUARDADA

O Papa Francisco vem a Portugal, mais propriamente a Fátima, numa visita que não durará mais do que 24 horas e que assinala o Centenário das Aparições de Fátima. Com uma agenda intensa, o Sumo Pontífice terá ainda tempo para proceder à canonização dos pastorinhos Francisco e Jacinta.

O Papa Francisco chega a Portugal dia 12 de maio para uma visita relâmpago inserida nas comemorações do Centenário das Aparições de Fátima. O Papa partirá de Roma num voo da Alitalia para aterrar na base aérea de Monte Real pelas 16h00, iniciando logo os seus compromissos. O líder da Igreja Católica sairá da base aérea num helicóptero que o levará até Fátima, onde está previsto chegar pelas 18h00, e que aterrará no campo de futebol, como já sucedeu em visitas anteriores. Fará um percurso de 3 km no papamóvel até ao Santuário de Fátima, onde terá o primeiro contacto com os populares que já o estarão a aguardar ali. O programa prevê que a primeira paragem seja na Capelinha das Aparições, onde está previsto que Francisco permaneça alguns instantes em oração. Esse é o momento que assinala o início oficial das peregrinações que celebram o Centenário das Aparições. O Papa recolhe depois à Casa Nossa Senhora do Carmo, onde ficará alojado e fará as suas refeições. A noite de 12 de maio será o ponto alto da visita do Papa Francisco, uma vez que o Santo Padre irá presidir ao terço e à procissão das velas. No dia 13 de maio, a missa solene é presidida pelo Papa. Francisco almoçará ainda com os bispos, seguindo-se, depois, o retorno à base de Monte Real de onde regressa a Roma num voo da TAP. Esta é a segunda vez que um Papa entra diretamente em Portugal, sem passar por Lisboa. Embora não se trate de uma visita de Estado, o Papa será recebido em Monte Real por altas figuras do Estado e todos os encontros que se seguirão são de carácter privado. Francisco é o quarto papa a visitar Portugal, depois de Paulo VI – nos 50 anos das aparições –, João Paulo II (12-15 de maio de 1982, 10-13 de maio de 1991 e 12-13 de maio de 2000) e Bento XVI (11-14 de maio de 2010).

Canonização dos pastorinhos Francisco e JacintaFATIMA

Durante a sua visita, o Papa Francisco vai canonizar os dois pastorinhos Francisco e Jacinta. O anúncio foi feito no consistório, a reunião formal de cardeais, no Palácio Apostólico do Vaticano, em que foram fixadas as datas para a cerimónia de canonização de 37 futuros santos, entre eles Francisco e Jacinta. Esta canonização fará de Jacinta Marto a mais nova santa não-mártir da Igreja, com apenas nove anos. A canonização irá decorrer na missa presidida pelo Papa Francisco. Esta decisão implica que os dois pastorinhos possam ser venerados nos altares do mundo inteiro e não apenas em determinados países.

papa-francisco2Fronteiras fechadas

De 10 a 14 de maio, Portugal vai suspender temporariamente a abertura das fronteiras prevista no acordo de Schengen para garantir a segurança do Papa Francisco. Esta é uma medida excecional que pretende garantir a segurança do líder da Igreja Católica durante a sua curta passagem por Portugal. A abertura das fronteiras (prevista no acordo de Schengen) será suspensa entre as 00h00 do dia 10 e as 00h00 do dia 14 de maio. Durante esses dias, vai ser restabelecido o controlo documental a todos os que entrarem em Portugal, medida que se junta ao forte dispositivo policial que estará de serviço em Fátima. Não é a primeira vez que Portugal encerra temporariamente as fronteiras ao abrigo do acordo de Schengen. Em 2010, durante a cimeira da NATO, e no Euro 2004 também foram encerradas as fronteiras.



Categoria: Em Destaque

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image