JOSÉ CARIA

ANGOLA AQUI E AGORA A interminável narrativa da crise europeia, a mediocridade continuamente revelada da generalidade dos seus líderes políticos e o consequente precipitar de Portugal numa espiral cada vez mais recessiva, cuja face mais evidente e alarmante é a destruição de todo o seu tecido social, levam-me a querer…

Ver Mais... JOSÉ CARIA

LUÍS MIRA AMARAL

O FUNDO DE ESTABILIZAÇÃO DA SEGURANÇA SOCIAL O atual sistema de Segurança Social nasceu das Caixas de Previdência inteiramente financiadas pelas empresas e pelos seus empregados. O Estado começou (e isto com Marcelo Caetano) a atribuir pensões aos que não contribuíram e depois criaram-se outras benesses com o famoso Rendimento…

Ver Mais... LUÍS MIRA AMARAL

CARLOS ZORRINHO

BOM SENSO Escrevo esta crónica algumas horas após ter falhado o designado Compromisso de Salvação Nacional e com o País Político suspenso das cenas dos próximos capítulos. Corro assim o risco de as minhas reflexões serem desmentidas pela dinâmica da realidade entre o momento da escrita e o momento da…

Ver Mais... CARLOS ZORRINHO

JOSE CARIA

OUTROS VALORES MAIS ALTOS Nos tempos que correm, cada vez mais assumo como um privilégio o facto de ter sido educado numa instituição chamada Colégio Militar, particularmente pela referência de valores que a todos nós, Meninos da Luz, nos deu para a vida. “Um por todos, todos por um” sempre…

Ver Mais... JOSE CARIA

LUÍS MIRA AMARAL

PENSÕES, CONTRIBUINTES E O OE Está-se a assistir a uma autêntica caça ao pensionista. A maneira como o Governo tem tratado a questão das pensões pode pôr em causa a solidariedade intergeracional implícita nos sistemas redistributivos da Segurança Social. A atual geração de reformados, ao descontar (com o empregador), ao…

Ver Mais... LUÍS MIRA AMARAL

FERNANDO SANTO

A TEIA  ADMINISTRATIVA A Administração Pública é uma organização cada vez mais complexa, apesar das permanentes reformas, modernização dos serviços, formação profissional e introdução de novas tecnologias. Parece que, por cada medida no caminho da simplificação, se criam duas para responder a novos problemas. Se apenas estivesse em causa a…

Ver Mais... FERNANDO SANTO

ISABEL MEIRELLES

DE REGRESSO À TERRA O défice alimentar de Portugal tem vindo a reduzir-se, designadamente entre 2011 e 2012, tendo passado de 4,5 mil milhões para 3,9 mil milhões de euros. Esta situação que, nos segmentos agroalimentar, pescas e produtos florestais, tem contribuído para diminuir a nossa dependência do exterior e…

Ver Mais... ISABEL MEIRELLES

JOSÉ CARIA

PASSOS, O RESILIENTE Nos tempos que correm, cada vez mais me vem à memória um dos intemporais slogans dos anarcas que proliferavam nos anos do imediatismo pós-revolucionário de abril e escrito amiúde por muitas paredes de Lisboa: “Portugal estava à beira do Abismo. Agora deu um grande passo em frente.”…

Ver Mais... JOSÉ CARIA

LUÍS MIRA AMARAL

SEGURANÇA SOCIAL, CGA E TSU   O  relatório do FMI encomendado pelo Governo português não tratava da reforma do Estado, mas apenas de cortes nos funcionários públicos e nos pensionistas, de acordo com exercícios de benchmark internacionais. Esse relatório, no que toca à Segurança Social, continha um erro crasso, dizendo…

Ver Mais... LUÍS MIRA AMARAL

FERNANDO SANTO

O PATRIMÓNIO E AS FUNÇÕES DO ESTADO Numa época em que se quantificam os bens do Estado, o património público edificado é um enorme ativo que justifica uma política própria para o valorizar, racionalizar e reduzir as despesas de funcionamento, de conservação e com os arrendamentos. Para exercer as funções…

Ver Mais... FERNANDO SANTO

JOSÉ CARIA

NON OU A VÃ GLÓRIA DE PARTIR   Isabel Jonet, a mesma que deixou bem claro em afirmações recentes que temos de aprender a ser pobres, foi agora convidada para discursar na cerimónia de homenagem aos combatentes, no próximo dia 10 de junho. Na altura das afirmações polémicas, a presidente…

Ver Mais... JOSÉ CARIA