JOSÉ CARIA

ORGANIZAÇÕES E AFINS…PARA NADA   Portugal é na realidade um país de multiplicidades estranhas. Recentemente, as fundações retiveram alguma atenção do debate público e, ao que parece, com razão, face ao descontrolo assustador da sua proliferação, não só pela questão da subvenção estatal e dos benefícios fiscais, como também pela…

Ver Mais... JOSÉ CARIA

LUÍS MIRA AMARAL

A DESVALORIZAÇÃO FISCAL   Há dois anos discutíamos no Fórum para a Competitividade a desvalorização fiscal (fiscal devaluation, que no rigor da tradução devia ser desvalorização orçamental), na base dum excelente paper feito pela Universidade Nova. A ideia era reduzir as contribuições patronais para a Segurança Social (TSU), o que…

Ver Mais... LUÍS MIRA AMARAL

JOSÉ CARIA

A RAIZ DO MAL Percebi agora que o sentimento que mais domina todos os portugueses já não é a revolta, mas sim um misto de perplexidade e de apatia, como quem diz: “como pudemos chegar aqui?”. Estamos atolados num charco de mediocridade, a ver um país definhar perante a incongruência,…

Ver Mais... JOSÉ CARIA

JOSÉ CARIA

MINORITY REPORT   Portugal está transformado num imenso campo de “matar” e o alvo somos todos nós. O Governo definiu um perímetro o mais abrangente possível, que toca todas as áreas da sociedade, e as ordens são: disparar primeiro, explicar ou justificar depois se necessário. O móbil da ação é…

Ver Mais... JOSÉ CARIA

LUÍS MIRA AMARAL

O RESGATE DA BANCA ESPANHOLA A Espanha tinha uma grande vulnerabilidade nas caixas regionais, muito ligadas ao boom imobiliário e que representavam 50% do setor bancário espanhol. Sem surpresas, o problema foi explicitado com as necessidades de recapitalização do Bankia, resultante do la Caixa de Madrid. O governo espanhol tentou…

Ver Mais... LUÍS MIRA AMARAL

CARLOS ZORRINHO

A ÁRVORE DAS PATACAS Portugal é uma nação forte de mais de oito séculos que sobreviveu sempre pela capacidade de se relacionar e de encontrar parcerias interessadas na cooperação com a nossa plataforma continental. Em certa medida precisámos sempre de complementar os recursos do solo em que penetrou a raiz…

Ver Mais... CARLOS ZORRINHO

JOSÉ CARIA

A ORIENTE NADA DE NOVO Macau! A olhar para o sucesso do território, quem diria que já foi português. Mas, na realidade, se soubermos olhar para a nossa História e dela retirar as necessárias ilações, vemos que este caso de sucesso se deve ao facto de “esta pequena pérola” ter…

Ver Mais... JOSÉ CARIA

ISABEL MEIRELLES

A SAGA EUROPEIA CONTINUA, AGORA TALVEZ A ORIENTE Neste melodrama europeu, cujo final ninguém consegue prever – nem os economistas, que se limitam a fazer a avaliação da situação, a determinar algumas soluções sem, contudo, conseguirem augurar qualquer desfecho –, os acontecimentos sucedem-se a uma velocidade vertiginosa. Desta feita foram…

Ver Mais... ISABEL MEIRELLES

JOSÉ CARIA

HAJA QUEM FAÇA A agressiva campanha do Pingo Doce terá talvez sido o acontecimento mais marcante dos já decorridos cinco primeiros meses de 2012 e, mais uma vez, Alexandre Soares dos Santos marcou pontos, soubesse ou não da sua realização. Mas o mais importante, que resultou de uma mera (mas…

Ver Mais... JOSÉ CARIA

LUÍS MIRA AMARAL

O PROJETO PORTER E O IMPASSE PORTUGUÊS Michael Porter é um reputado guru de estratégia empresarial. Trouxe-o a Portugal em 1992, liderando uma equipa que conjuntamente connosco, no então Ministério da Indústria e Energia, elaborou o “Projeto Porter”. Convidei empresas privadas e públicas a financiarem o estudo, em conjunto com…

Ver Mais... LUÍS MIRA AMARAL