SAIL IPANEMA

18 de Fevereiro de 2020

AVENTURA NO MAR – Cansados do ritmo louco de trabalho e dos eleva-dos custos de viver na Cidade Maravilhosa – Rio de Janeiro –, um jovem casal decidiu, em abril de 2015, deixar tudo para trás para viver o sonho de viajar pelo mundo num barco. Para esta aventura contam com a companhia de Feijão, o seu cão. Renato Matiolli e Sarah Moreira são um casal jovem que decidiu experimentar um novo estilo de vida: viver num barco, produzir a sua própria água e eletricidade, pescar para comer e decidir, hoje, o que vão fazer amanhã. Nenhum dos dois tinha conhecimento sobre barcos ou sobre navegação, mas mesmo assim decidiram arriscar e partir à aventura. Para esta demanda escolheram um catamarã Lagoon 440 de 2007, que batizaram de Ipanema, por ser o local onde se conheceram, no Brasil. Lagoon é a marca de catamarãs, feitos em série, mais conhecida do mundo. Estes barcos são altamente testados e usados por várias empresas de charter pelo mundo, uma vez que são seguros, confortáveis, confiáveis e, portanto, perfeitos para iniciativas destas. A Lagoon conseguiu maximizar a utilização do espaço interno e o Ipanema é capaz de hospedar, confortavelmente, seis convidados, bem como guardar todos os equipamentos e brinquedos necessários para uma viagem fantástica.

Rumo decidido – A viagem do Ipanema teve início no suave balanço do mar da Croácia e foi a partir deste país europeu, banhado pelo Mediterrâneo, que o barco começou a sua aventura. Seguiram-se outros locais na Europa, como Grécia, Turquia, Itália, Espanha e Portugal. Depois os navegadores decidiram rumar até à Polinésia Francesa, onde têm permanecido e não têm intenção de regressar tão cedo: “estamos aqui na Polinésia Francesa já faz um ano e meio e não temos pressa de ir embora tão cedo, são muitas ilhas a serem exploradas, cada uma mais bonita que a outra”, confidenciam. Renato e Sarah destacam ainda a gastronomia maravilhosa de que têm desfrutado, a possibilidade de fazer surf e mergulho em praias magníficas e as pessoas que os acolhem sempre de forma inesquecível: “É um paraíso.” Por tudo isto, os aventureiros planeiam ficar por ali “pelo menos mais um ano” e embora tenham o Tahiti como base, viajam bastante para Moorea, bem como para outras ilhas como Bora Bora e Huahine e também para as Tuamotus: “adoramos Tikehau, Rangiroa e Fakarava”.

Proposta de aventura – O Ipanema tem quatro suítes, uma sala principal com mesa de jantar e cozinha, um cockpit na parte de trás com outra mesa de jantar, sala e rede para relaxar na frente do barco. A ideia é receber hóspedes para ajudar nos custos da viagem, e para isso, existem três suítes disponíveis. Sendo possível receber até seis pessoas por viagem, são cobrados US$500 por dia pelo barco (cerca de 450 euros) mais US$200 por dia por pessoa (180 euros). Ou seja, um casal pagará, por dia, 811 euros. Estão incluídas todas as refeições, gasolina e gasóleo para o barco e bote, uso de equipamentos de snorkle e pranchas de SUP.                                                                                          Apenas o mergulho de garrafa não está incluído e implica um custo de 45 euros por pessoa.



Categoria: AVENTURA

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image