ORQUESTRA SINFÓNICA PORTUGUESA

29 de março

Centro Cultural de Belém

Foi em 1832, durante uma viagem a Espanha com o seu amigo banqueiro Alexandre Aguado, que Rossini recebeu a encomenda para um Stabat Mater do conselheiro de Estado Fernandez Varella. Para esse pedido escreveria apenas metade da partitura, tendo pedido ao seu amigo Giovanni Tadolini para completar o que faltava. Só 10 anos mais tarde é que Rossini, pressionado pelo seu editor em Paris, Eugène Troupenas, resolve completar a sua obra, substituindo a parte composta por Tadolini. A primeira vez que se ouviu a versão completa do Stabat Mater de Rossini foi no dia 7 de janeiro de 1842, no Teatro dos Italianos, em Paris, e foi recebido com um tremendo entusiasmo.