ICPT

7 de Novembro de 2012

“PORTUGAL, CRISE ECONÓMICA OU POLÍTICA?”

O International Club of Portugal promoveu mais um almoço-debate. Desta vez o orador convidado foi Rui Rio, o presidente da Câmara do Porto e antigo vice-presidente do PSD. Na sua conferência subordinada ao tema “Portugal: Crise económica ou política?”, Rui Rio foi claro ao sustentar que, nas últimas décadas, “o poder político subiu a despesa pública para os atuais níveis gigantescos”. O autarca considerou essencial “o reforço do poder” e “o aumento do prestígio dos políticos”, porque “quando um Governo é fraco, há poderes fácticos fortes”. Rejeitando estar a fazer uma análise conjuntural, pois, tal como sublinha, tudo o que critica tem origem há décadas, Rui Rio alertou para o facto de, caso não se inverta o rumo atual,  ficarmos perante “não exatamente uma ditadura com um rosto, mas um poder político fraquíssimo, manietado por poderes que não têm rosto”. Entre as mudanças que aponta para salvar o regime democrático, o social-democrata fala da necessidade de os partidos se abrirem à sociedade para atraírem os “mais capazes”, de uma reforma da justiça “que vai mexer em interesses instalados há décadas” e de uma legislação mais apertada sobre a comunicação social. Neste evento estiveram presentes personalidades dos mais diversos quadrantes, nomeadamente empresários, representantes do corpo diplomático, políticos, entre outros.



Categoria: Social

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image