MERCEDES C63 AMG

6 de Dezembro de 2011

COMPORTAMENTO DINÂMICO – DESIGN DISTINTO

A Mercedes-Benz apresenta um veículo de alto desempenho que desperta todos os sentidos. Falamos do novo C 63 AMG Coupé, que combina um design distinto com um pack de motores potentes e um comportamento dinâmico. O novo coupé junta-se à família Classe C AMG, na qual já se integram a Limousine e a Station.

 

Uma das primeiras ideias a reter é que esta nova aposta da Mercedes-Benz debita 457 cv e um binário de 600 Nm saídos do V8 atmosférico de 6,2 litros. Com este valor, o C 63 AMG está bem à frente dos seus rivais da marca bávara. Em termos de performance, salientam-se os 4,5 segundos dos 0 aos 100 km/h e uma velocidade máxima limitada de 250 km/h. No que toca ao consumo de combustível em circuito combinado, este é de 12 l/100 km. Mas quem entender que estes valores de potência e binário não são suficientes, pode sempre adquirir o “AMG Performance Package”. Assim, a potência sobe para uns espantosos 487 cv, permitindo que nos 0-100 km/h sejam ganhos 0,1 segundos. Para atingir esta potência o motor recebe os pistões forjados, a cambota e as ligações dos pistões do motor do SLS AMG. Os travões passam a ter discos de cerâmica e maxilas pontadas de vermelho. Já no lado estético, este opcional pode ser identificado pela admissão pintada em cinza titânio, pelo lábio em carbono colocado na tampa da mala e pelo volante AMG forrado a pele.Em termos de transmissão, a marca escolheu a moderna e competente Speedshift MCT 7 de sete velocidades, recebendo o mesmo programa do SLS AMG e do E 63 AMG. Através de um comando rotativo, o condutor pode escolher o programa mais adequado às condições, sendo que os modos mais rápidos (o S+ e M) fazem passagens de caixa em 100 milissegundos. No modo “Race Start” que desliga todas as ajudas, é possível desfrutar de todo o potencial do C 63 AMG Coupé. À semelhança do que acontece com o CLS 63 AMG, o C 63 AMG Coupé também está disponível numa edição “Edition 1”, que se distingue pela oferta de equipamento específico.

 

Dinamismo e conforto na viagem

Não é apenas o motor e a transmissão que influenciam a qualidade dinâmica do C 63 AMG: a suspensão desportiva e o sistema de travagem de desempenho elevado da AMG são também importantes. A direcção desportiva com um rácio directo (13,5:1) oferece uma sensação excelente em estrada e contribui para uma experiência de condução ágil e directa. Esta é complementada pelo ESP® de três fases: o Programa de Estabilidade Electrónico que permite aceder a três comandos através do toque num botão. O condutor pode utilizar o interruptor ESP® na consola central para optar entre os modos ESP ON, ESP SPORT e ESP OFF. O sistema de travagem, com discos perfurados e ventilados internamente, assegura uma resposta extraordinária em distâncias curtas de paragem e resistência elevada.

 

Estética apurada

Visualmente, a versão coupé do C 63 AMG tem uma presença confiante e atlética que faz lembrar o SL 63 AMG. Todas as funcionalidades de design foram combinadas conscientemente com as proporções clássicas de um coupé. Este veículo compacto de duas portas tem um baixo perfil, um contorno poderoso e um pilar-C estreito. Outros aspectos importantes do estilo incluem a pequena inclinação dianteira, capot longo, pára-brisas muito inclinado e longo, tejadilho alongado para fora. O automóvel tem uma secção frontal em forma de seta, com o novo pára-choques dianteiro, incluindo a estrutura inferior em cruz pintada em preto de alto brilho, as luzes LED diurnas específicas da AMG e as saídas de ar laterais. A estrela da Mercedes-Benz assenta num friso transversal em forma de asa na nova grelha do radiador e, em conjunto com o capot de alumínio modificado com os seus relevos, sublinha a impressão de masculinidade do veículo.  (…)



Categoria: Sem categoria

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image