FORA DE SÉRIE

6 de Agosto de 2018

Portugal recebeu a quarta etapa da Extreme Sailing Series 2018, que teve lugar em Cascais, de 5 a 8 de julho. Um contrato de dois anos traz o espetacular campeonato de regatas ao prestigiado Clube Naval de Cascais.

Dando as boas-vindas à Extreme Sailing Series como parte das comemorações do seu 80.º aniversário, o Clube Naval de Cascais viu as frotas GC32 e Flying Phantom ao largo da costa portuguesa durante quatro dias de muita ação. Portugal é um dos principais destinos de vela da Europa e, nos últimos anos, tem sido um dos destaques da série Extreme Sailing, com etapas no Porto, em 2012 e 2013, em Lisboa, em 2016, e mais recentemente na Madeira, em 2016 e 2017. O país continua a reforçar este legado da vela ao juntar Cascais ao seu impressionante portefólio de localizações anfitriãs. A equipa suíça Alinghi venceu a quarta etapa da Extreme Sailing Series, competição na qual a Team Portugal foi sétima e última classificada. Com o triunfo em Cascais, a Alinghi, constituída por Arnaud Psarofaghis, Nicolas Charbonnier, Nils Frei, Yves Detrey e Timothé Lapauw, ascendeu à liderança da classificação geral da competição, com um ponto de vantagem sobre os dinamarqueses, com quem estava empatada antes da prova portuguesa. A Team Portugal, que não pontuou em quatro das 24 regatas, concluiu com sete pontos, menos um do que a Team México, que foi sexta. A próxima prova do Extreme Sailing Series disputa-se em Cardiff, no País de Gales, entre 24 e 27 de agosto. Depois, este circuito mundial vai passar ainda por San Diego, nos Estados Unidos, antes de terminar em Los Cabos, no México.



Categoria: Sem categoria

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image