BMW

14 de Dezembro de 2012

BMW E BOM NATAL

 

Se ainda não sabe o que pedir ao Pai Natal para pôr no seu sapatinho, apresenta-mos-lhe seis propostas irrecusáveis da BMW. Descubra a que melhor se adequa ao seu estilo de vida e espere que o senhor de barbas brancas lhe faça a vontade.

 

A BMW, empresa alemã fundada por Karl Rapp e Gustav Otto, começou por produzir motores para aviões, porém, no fim da Primeira Guerra Mundial e devido ao Tratado de Versalhes, foi obrigada terminar a sua produção. Começou então a produzir bicicletas, sendo que, algum tempo depois, iniciou também a sua aposta no mercado automóvel. Hoje, a BMW é uma das grandes empresas do mercado automóvel internacional, contando já no seu currículo com vários modelos que apostam fortemente na alta tecnologia e que apresentam um padrão de qualidade incomparável. A marca bávara tem uma enorme preocupação no que toca ao meio ambiente. Assim, aposta, constantemente, em tecnologias de ponta para criar automóveis mais amigos do ambiente e que, consequentemente, apresentem menores emissões de gases poluentes, tudo isto sem nunca descurar o prazer de condução. De entre as grandes apostas da BMW, sugerimos-lhe seis modelos para que possa decidir com conhecimento de causa.

 

X6: único e exclusivo

Há SUVs e Coupés, mas há só um BMW X6, um veículo diferente de todos os outros, que alia, aparentemente, elementos contraditórios, como a grandeza e a agilidade, a desportividade e a elegância. O X6 é, assim, um automóvel desportivo que se sente completamente à vontade tanto na estrada como fora dela. A sua linguagem de design é como um livro sobre a arte de ser diferente, isto porque os designers e engenheiros da marca deram ao novo BMW X6 a designação de Sports Activity Coupé. Estas três palavras aglutinam todos os componentes que tornam o  BMW X6 um veículo muito especial, logo no primeiro olhar. Mais dinâmico, versátil e soberano, em suma, um automóvel único e exclusivo. Todas as motorizações BMW TwinPower Turbo disponibilizadas para o BMW X6 usam a comprovada tecnologia BMW EfficientDynamics, que tem como objetivo obter a máxima eficiência, reduzindo ao mínimo o consumo de combustível e as emissões de CO2. Desta forma, o condutor pode optar por qualquer motor BMW, sempre com a certeza de que todos eles oferecem a máxima eficiência e o maior prazer de condução. As três unidades diesel reservadas para o BMW X6 impressionam pelo seu funcionamento suave e máxima eficiência. Também a tecnologia CommonRail, de última geração, alia a suavidade de funcionamento ao consumo económico e enorme rotatividade. Todas as variantes se destacam pela construção de baixo peso em alumínio e usam de série um filtro de partículas, isento de manutenção. Está também disponível um possante motor a gasolina de seis cilindros em linha BMW TwinPower Turbo, que combina o turbocompressor TwinScroll com as inovadoras tecnologias Valvetronic, duplo-VANOS e injeção de alta precisão. O BMW X6 quase que ultrapassa as leis da física na condução em percursos sinuosos, abordando com impressionante facilidade todas as curvas a alta velocidade, sem penalizar a precisão direcional. Isto é fruto do sistema de assistência ao condutor Dynamic Performance Control, DPC, e da tração integral inteligente BMW xDrive. Na condução em curva, a tração da roda com maior aderência é mais elevada, um facto que se traduz em máxima dinâmica de condução e ótima estabilidade.

 

Série 6 Gran Coupé: símbolo de perfeição

Símbolo inegável de perfeição, o BMW Série 6 Gran Coupé é fruto da determinação e coragem dos engenheiros e designers da BMW. O inédito Gran Coupé estabelece uma harmonia perfeita entre o design de referência, a incondicional desportividade e a exclusiva elegância das suas linhas. As fluidas linhas exteriores destacam a elegância e a dinâmica do inovador design, contudo, o olhar concentra-se na marcante secção dianteira, acompanhando a dinâmica linha do tejadilho em forma de coupé até à robusta e vistosa traseira. Por outro lado, a terceira luz de stop integrada no tejadilho, por cima da tampa da mala, destaca o já de si inconfundível design da secção traseira. O capot alongado e o habitáculo recuado tornam mais distinta a elegante silhueta deste cobiçado veículo. Continuando a viagem, agora pelo interior, descobre-se uma comodidade total. O cockpit – com os ergonómicos elementos de comando – está totalmente orientado para o condu tor, já os confortáveis bancos dianteiros desportivos oferecem o espaço ideal para duas pessoas. Graças ao conceito de bancos 4+1, o BMW Série 6 Gran Coupé oferece espaço para três pessoas na traseira, em percursos curtos. Os materiais nobres e os perfeitos acabamentos completam o visual global do interior deste automóvel. Os genes desportivos do BMW Série 6 Gran Coupé manifestam-se até mesmo nos percursos mais curtos. Assim, a excelente tecnologia dos motores e o funcionamento harmonioso da suspensão e da transmissão complementam-se, traduzindo-se em pura dinâmica de condução, sem influenciar negativamente o conforto a bordo nem a eficiência. A transmissão automática desportiva de oito velocidades Steptronic permite uma engrenagem particularmente suave e quase impercetível das mudanças, com o motor sempre num regime ótimo de rotações. O resultado é um comportamento dinâmico mais apurado, menos consumo e o máximo conforto em viagem. Graças ao botão de experiência de condução, é possível adaptar o comportamento de condução do BMW Série 6 Gran Coupé aos desejos individuais do condutor e passageiros. O modo SPORT oferece uma condução particularmente dinâmica, enquanto o modo COMFORT+ permite desfrutar do máximo conforto em viagem. O modo ECO PRO viabiliza uma condução particularmente económica do novo BMW Série 6 Gran Coupé.

 

M5: desportivo com estilo

A estética não se exprime apenas no exterior, através das cores, da pintura ou dos materiais, mas também na aerodinâmica exterior e na funcionalidade do interior do veículo. Os designers e engenheiros da BMW criaram soluções que permitem harmonizar a forma e a função, transformando-as em viaturas perfeitamente consumadas. Um veículo desportivo não tem pormenores supérfluos, por isso, os retrovisores exteriores de um BMW M são testados também no túnel de vento. Não é só aqui que a BMW faz do vento o seu aliado mais forte, já que as generosas entradas de ar no marcante para-choques frontal permitem refrigerar os grandes discos de travão das jantes de liga leve BMW M. Também o difusor traseiro permite reduzir o efeito da força de sustentação. No interior do veículo, os elementos de comando mais importantes encontram-se bem ao alcance do condutor. A ergonomia do cockpit, o material e os exímios acabamentos obedecem a critérios rigorosos, orientados pela performance. A aliança entre todos os pormenores forma um todo harmonioso, num um veículo verdadeiramente desportivo. Desenvolvido na pista de competição e concebido para uso diário, o BMW M5 segue consequentemente a filosofia M, aliando a alta performance ao uso quotidiano.O eficiente chassis M foi completamente desenvolvido de novo, submetido aos mais duros testes e afinado na pista de competição mais dura do mundo para veículos M: o traçado norte do Nürburgring. O resultado é a máxima dinâmica e agilidade, a mais alta precisão de condução e o controlo do veículo, mesmo em situações de condução nos limites da física. O elevado grau de rigidez torcional permite uma ótima estabilidade e elevada precisão. Já os pontos de acoplamento dos braços do eixo dianteiro são soldados à carroçaria com duas peças de alumínio, melhorando assim a rigidez do conjunto. Em combinação com o motor V8 BMW M TwinPower Turbo e com a transmissão automática M de sete velocidades com dupla embraiagem e Drivelogic, o M5 assume-se como um veículo de referência no que respeita a dinâmica e precisão de condução.

 

Z4: proporções clássicas

O Z4 é um roadster que só a BMW sabe fabricar. Este apresenta proporções clássicas, capot alongado, para-choques compactos e uma posição de condução baixa, próxima do eixo traseiro, que permite um contacto perfeito com a estrada. Desde a moderna linguagem estética, passando pelas linhas marcantes e contornos suaves, até às poderosas cavas das rodas traseiras, tudo define este automóvel único. O interior do BMW Z4 Roadster foi concebido exatamente de acordo com as exigências do condutor, como se de um fato feito por medida se tratasse. Destaque para a consola central assimétrica e para o painel de instrumentos, cujos elementos de comando de design arredondado fazem lembrar o cockpit do lendário BMW Z8. As superfícies lisas denunciam a qualidade nobre dos materiais, e a sensação de absoluta liberdade transmitida pelo BMW Z4 mantém-se, mesmo com a capota fechada, bem como a perfeita união entre o veículo e o condutor.O primeiro roadster BMW com capota rígida retráctil apresenta uma sofisticada mecânica que viabiliza a construção de um descapotável com uma traseira esguia e elegante, típica de um roadster. Os dois componentes do tejadilho em alumínio são alojados automaticamente na mala em escassos segundos. Com a capota fechada, o tejadilho assume a forma de um coupé. Os generosos vidros laterais e o óculo traseiro garantem uma visibilidade perfeita em redor do veículo. No que toca a performances, os motores de quatro cilindros a gasolina sDrive20i e sDrive28i, dotados da inovadora tecnologia BMW TwinPower Turbo, impressionam pelo irrepreensível comportamento dinâmico e consumo eficiente. O comando variável das válvulas Valvetronic e a injeção direta a gasolina permitem reduzir o consumo, enquanto o turbo TwinScroll e o duplo-VANOS aumentam a potência e melhoram a capacidade de resposta. Já os motores a gasolina de seis cilindros em linha que animam o BMW Z4 Roadster oferecem a combinação ideal entre peso e potência, a par de um perfeito equilíbrio de massas e um rolamento confortável e suave. O bloco BMW TwinPower Turbo montado no BMW Z4 sDrive35i, dotado de dois turbocompressores, duplo-VANOS e injeção de alta precisão, exibe uma generosa potência de 225 kW (306 cv) e tem um funcionamento extremamente suave.

 

BMW M135i: superdesportivo

A BMW ampliou a gama do Série 1 e apresentou a versão de três portas, que se revela mais desportiva. Para além disto, e graças a este novo modelo, a marca bávara oferece aos condutores uma gama mais ampla de motores. Comparativamente à versão de cinco portas, o Série 1 de três portas destaca-se pela ampla superfície vidrada nas laterais, com o dinamismo do estilo a ser reforçado pelo trabalho da carroçaria junto às cavas das rodas traseiras. No interior, o habitáculo conta com materiais melhorados e a consola central está completamente orientada para o condutor, enquanto atrás existe a opção entre um banco para três ou apenas para dois passageiros. A bagageira, que está agora maior, disponibiliza 360 litros.Relativamente aos motores, a gama apresenta-se mais completa e oferece opções a gasolina com a versão 114i com motor 1.6 turbo de 102 cv, passando ainda pelo 116i de 136 cv e pelo 125i de 218 cv. Entre as opções a gasóleo, contam-se as versões 116d de 116 cv, 118d de 143 cv e 125d com 218 cv. Além destes, nota para o 116d EfficientDynamics com 116 cv e diversas soluções para redução de consumos e emissões poluentes. Todos os motores são combinados de série com caixa manual de seis relações, contando com a caixa automática de oito velocidades como opção. A tração continua a ser feita às rodas traseiras com repartição de pesos bastante trabalhada. A BMW assegura também um elevado nível de personalização para os seus modelos, com as linhas Sport Line, Urban Line e M Sport, que se adequam totalmente ao gosto dos condutores.

 

BMW ActiveE: elétrico e muito desportivo

O modelo elétrico e desportivo da BMW, o ActiveE, com capacidade para quatro ocupantes, já está pronto para começar a circular pelas ruas. Esta aposta da marca alemã deixou de ser apenas um conceito e tornou-se realidade. Mantendo grande parte das características do seu modelo tradicional, a grande novidade é a forte aposta na tecnologia. Pensado para ser mais amigo do ambiente, em momento algum a BMW deixou de lado a potência do veículo, uma das principais características de todos os automóveis da marca.

Mesmo que não alcance a mesma velocidade dos carros não elétricos, o ActiveE tem um limite bem alto quando comparado com outras propostas do mesmo segmento. Com potência de 170 cavalos, consegue ir dos 0 aos 100 km/h em apenas nove segundos e a sua velocidade máxima é de 145 km/h. O luxo está presente em cada detalhe, tal como acontece no modelo tradicional. Assim, os bancos são de couro cinza, que contrasta com a costura azul. Uma das novidades da BMW é uma função presente no pedal, que permite uma economia de bateria quando o carro atinge uma velocidade constante. Segundo a BMW, o recarregamento da bateria está completo em cinco horas, contudo, e para conseguir uma recarga extra, com autonomia de 64 quilómetros, o condutor pode carregar o veículo durante apenas uma hora. A BMW disponibiliza ainda um software através do qual os condutores podem controlar o consumo de bateria, bem como a temperatura do carro.

 



Categoria: Sem categoria

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image