SACRAMENTO

6 de Dezembro de 2011

SABOR A HISTÓRIA

Situado numa zona histórica da cidade de Lisboa, entre o Chiado e o Largo do Carmo surge um espaço requintado e de espírito descontraído, o Sacramento. Instalado no antigo Palácio Valadares é ideal para almoços, lanches, jantares ou refeições mais leves.

Sorria o ano de 1290 quando surgiu em Portugal, pela primeira vez, uma Universidade laica. O local escolhido por D. Dinis para esta se instalar foi o local onde hoje se descobre o Restaurante Sacramento. Em 1755, depois do grande terramoto que praticamente destruiu Lisboa, o edifício ficou completamente destruído, restando apenas os seus escombros. É aqui que nasce, mais tarde, o Palácio de Valadares, que recebeu os marqueses de Vila Real e mais tarde os condes de Valadares. A arquitectura do edifício remonta à época com arcos em abóboda já as paredes têm como base a muralha Fernandina. Após um profundo processo de remodelação, que lhe conferiu um conforto cuidado, nasceu o Restaurante Sacramento. De espírito descontraído, neste espaço surpreendente o peso da História confere distinção e unidade. O Restaurante Sacramento oferece três espaços distintos para diferentes possibilidades, num total de 800 metros quadrados. Uma agradável confeitaria para pequenos- almoços, almoços (refeições rápidas) e lanches, um restaurant cheio de charme e romantismo para almoços ou jantares tranquilos e realmente inesquecíveis, e um bar para lanches, com vários tipos de chás e pastelaria variada. Neste último espaço destaque para os scones e para o fondue de chocolate. Em termos de espaço, estão disponíveis cinco salas – D. Dins (60 pessoas); Condes de Valadares (40 pessoas); Marqueses de Vila Real (30 pessoas); Cavalariças (30 pessoas); Muralha Fernandina (48 pessoas). De um jantar íntimo a eventos de grandes dimensões, tudo é possivel de realizar no Sacramento. E, apesar de se estar no centro histórico de Lisboa, o cliente tem à disposição um parquet de estacionamento de 30 metros.

Uma carta especial no restaurante

Sob direcção do chef Hugo Landeiro, a ementa, que foi buscar inspiração ao melhor da cozinha tradicional portuguesa, dá a conhecer diversos sabores mediterranicos. Descobem-se pratos como morcela de porco preto com pure de maçã; empada de caça com redução de vinho do Porto, queijo de cabra panado com compota de morango; misto de cogumelos salteados com presunto; polvo à lagareiro com esparregado; pataniscas de bacalhau com arroz de feijão e coentros; camarão Tigre com arroz selvage; misto de marisco; supremos de frango recheados com farinheira com ratatui de legumes e arroz de nozes; carré de borrego com pure de beterraba; tornedo com queijo da Serra e espargos enrolado em bacon. No que toca a sobremesas de referir morangos à Sacramento; mousse de chocolate e castanhas com cheesecake de ananás e hortelã; tarte de banana, mel e alecrim merengada. No que toca à garrafeira, esta oferece diversos rótulos não só nacionais mas também internacionais. (…)



Categoria: Reservar

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image