REPÚBLICA DOMINICANA

4 de Março de 2016

AerialviewofCasadeCampo_La RomanaA indústria de cruzeiros contribuiu com 61 milhões de dólares para a economia dominicana durante a temporada de 2014/2015. Esta receita permitiu contratar cerca de 2 mil trabalhadores num volume de salários na ordem dos 8 milhões de dólares. Durante a referida temporada a indústria de cruzeiros que cobre os destinos Caribe, México, América Central e América do Sul, gerou despesas locais de 3,160 biliões de dólares, tendo a República Dominicana absorvido 2% deste total, isto é, cerca de 61 milhões de dólares em despesas com passageiros, tripulação e rotas. Os passageiros em trânsito nos destinos anteriormente referidos, gastaram uma média de 63 milhões de dólares em compras, das quais 50% foram em artesanato e lembranças locais, tendo alcançado um consumo médio por grupo de 42 dólares. A maior contribuição para as despesas é feita pelas excursões em terra, com uma média de 96 dólares por cada duas pessoas. Os resultados apurados já consideram o porto de cruzeiros da baía de Maimon, na região de Puerto Plata, a funcionar desde outubro de 2015. O “Amber Cove”, como é apelidado, integra uma nova estratégia de promoção turística do país, que pretende equiparar Puerto Plata a outros destinos de cruzeiros já reconhecidos internacionalmente, como é o caso de La Romana.



Categoria: News

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image