RELÓGIOS

5 de Julho de 2016

AudermarsPiguet_HeaderMARCAS EXTRAVAGANTES

A alta relojoaria do século XXI responde, na perfeição, às necessidades dos seus apreciadores. As marcas sabem disso e não deixam o preço dos seus relógios por mãos alheias.

Símbolo de status ou acessório de moda, apresentamos-lhe as marcas mais caras do mundo da relojoaria, mas também aquelas que não descuram um único pormenor quando o assunto é criar máquinas do tempo realmente brilhantes.

Audemars Piguet

Criada em 1875, a Audemars Piguet é um legado de tradição, excelência e inovação que tem estabelecido, ao longo de várias décadas, algumas das tendências do mercado. Recorrendo a materiais nobres como o couro, o aço, o ouro, a platina, o cetim ou as pedras preciosas como diamantes ou safiras, produz cerca de 26 mil relógios por ano. A marca dedica-se ainda ao design de joalharia e apresenta peças deslumbrantes para combinar, ou não, com o seu relógio.

Breitling

Desde 1884 que a Breitling produz, exclusivamente, relógios masculinos. Os seus mais fiéis seguidores são os pilotos de todo o mundo, já que esta marca foi responsável pelo lançamento do primeiro cronógrafo. Quando em 1952 apresentou o Navitimer, o modelo depressa atingiu o estatuto de lenda e foi uma sensação entre os profissionais da aviação da época, que passaram a ter no pulso um relógio que permitia a realização dos mais variados cálculos. Cada um dos modelos que apresenta é o expoente máximo da funcionalidade e do rigor.

Cartier

Sem ser suíça, mas sim francesa, a Cartier adorna, desde 1847, os pulsos de homens e mulheres nos quatro cantos do mundo. Tendo como principais lemas a arte, o património, a dedicação e a mestria, nas suas 17 coleções distintas reinam materiais tão notáveis como o ouro branco, amarelo e rosa, a platina, o aço e o titânio. O requinte Cartier está ainda visível noutros artigos de qualidade superior, como joalharia, acessórios diversos, perfumaria e artigos em pele.

ChopardChopard_LUC_LunarOne_front_LG

Conhecida pelo desenvolvimento de movimentos mecânicos muito próprios, a Chopard nasceu em 1860 e tem consolidado um projeto baseado no conhecimento, na experiência e na perfeição. Todo o processo de criação de um relógio é feito dentro das portas da empresa, que conta com 1500 colaboradores e dispõe de departamentos específicos de design, pesquisa, desenvolvimento, preparação de material em bruto, cravador-joalheiro, engenharia mecânica e de precisão, produção das caixas dos relógios e braceletes, entre outros.

Franck Muller

Com uma história mais recente, a marca Franck Muller apresentou os seus primeiros relógios ao mundo em 1983, abrindo em 1992 a sua própria empresa. Desde então tem vindo a construir, à velocidade da luz, um império milionário. Depois de, no início da década de 1990, ter desenhado e criado o relógio de pulso mais complicado do mundo, continuou sempre a inovar e a surpreender. As suas coleções são marcadas por relógios com caixa 3D, modelos muito coloridos ou abrilhantados por pedras preciosas e um bom gosto intemporal.

IWC

Foi em 1868 que nasceu uma tradição chamada International Watch Company. Em 1944, Winston Churchill foi presenteado com um relógio de bolso IWC. Quando Sir Edmund Hillary chegou ao topo do Everest em 1953, levava consigo um Ingenieur, o primeiro relógio IWC de corda automática. Produzindo relógios exclusivamente masculinos, o seu trabalho sempre recaiu sobre os mais elevados padrões de qualidade e valores mecânicos muito particulares, como acabamentos manuais e uma atenção especial com os detalhes.

Patek-Philippe-5016A-only-watch-2015-stainless-steel-1Patek Philippe

Igualmente com selo suíço, mais precisamente o selo de Genebra, a Patek Philippe surgiu para assegurar a origem e perícia dos relógios construídos manualmente. Os 10 mandamentos que foram a base da constituição da empresa em 1839 são ainda hoje válidos: independência, tradição, inovação, qualidade e arte, raridade, valor, estética, serviço, emoção e património.

Rolex

Fundada em Londres, em 1905, só mais tarde é que a Rolex se instalou em território suíço, projetando-se para o mundo quando apresentou o primeiro relógio à prova de água. A partir daí, o seu fundador, Hans Wilsdorf, esforçou-se por desenvolver um relógio capaz de resistir a todos os elementos: água, humidade, calor, frio, poeira e vibração.

Vacheron Constantin

A dar horas desde 1755, os relógios Vacheron Constantin são uma combinação perfeita entre uma arte secular, a tecnologia topo de gama e uma elegância irrepreensível. Com coleções distintas, os seus modelos, muitos dos quais limitados, encontram-se agrupados em categorias como as grandes complicações ou os relógios-joia, entre outras.



Categoria: Extravagâncias

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image