OBJETOS MAIS CAROS

6 de Abril de 2016

VALORES INCALCULÁVEIS

São objetos icónicos, inacessíveis para muitos. Apresentamos-lhe alguns dos artigos mais caros do mundo para que possa decidir no que deve investir.

Quando defrontadas com a questão “o que faria se tivesse muito dinheiro disponível?”, a maioria das pessoas responde que compraria casas, automóveis, joias, que viajaria pelo mundo inteiro.  As hipóteses são muitas, contudo, há quem não se contente simplesmente com os desejos mais banais e procure algo mais. Apresentamos-lhe uma lista com alguns dos objetos mais caros do mundo.

breguet-ndeg1160_marie-antoinette_0Relógios

O Breguet Grande Complication Marie-Antoinette No. 160 tem um valor estimado de US$ 30 milhões, aproximadamente 28 milhões de euros. Conhecido como The Queen, é uma criação do relojoeiro suíço Abraham-Louis Breguet. O relógio começou a ser fabricado em 1782 e, além de ter a estrutura feita em ouro, conta com todas as funções conhecidas para a época. Supostamente, este relógio foi encomendado por um amante da rainha francesa, mas a peça só foi finalizada em 1827, quatro anos após a morte de Breguet – e outros tantos depois de Marie-Antoinette ter perdido a cabeça na guilhotina. Foi apenas produzida uma unidade em todo o mundo, que fazia parte da coleção do L.A. Mayer Institute for Islamic Art de Jerusalém, mas que foi roubada nos anos 1980. Em 2007, o relógio foi recuperado e, desde então, tornou-se um objeto desejado por colecionadores de todo o mundo.  A Breguet resolveu produzir uma réplica do The Queen, que foi avaliada na módica quantia de US$ 10 milhões, mais ou menos 9 milhões euros.

Automóveis1962_Ferrari_250_GTO_Michael_Furman_01

Quando pensamos em carros incrivelmente caros, é inevitável não pensar nas máquinas produzidas pela Ferrari. Por isso não é de estranhar que um colecionador norte-americano tenha pago US$ 35 milhões, mais ou menos 32 milhões de euros, por um Ferrari 250 GTO, de 2012. Foram produzidas apenas 39 unidades no mundo, entre os anos de 1962 e 1964. No caso específico desta compra, o automóvel foi projetado especialmente para o famoso automobilista britânico Stirling Moss, que nem sequer chegou a poder correr com o automóvel.

AntillaCasas

A “modesta” casa de Mukesh Ambani, um dos homens mais ricos da Índia, é uma das casas mais caras do mundo. Avaliada em cerca de 900 mil milhões de euros, a residência conta com 37 mil metros quadrados e 27 andares, aos quais é possível aceder através de nove elevadores. O edifício mede 170 metros de altura e foi construído para servir de lar à família do magnata. A estrutura conta com mimos “básicos”, como piscina, ginásio, estúdio de ioga, sala de cinema com capacidade para 50 pessoas, salões de festas e três andares de jardins internos. Além disso, a casa conta ainda com estacionamento para 168 automóveis, oficina, três heliportos e uma torre de controlo de tráfego aéreo.

Moedasíndice

A maior parte de nós detesta moedas. Elas são incómodas, pesam no bolso ou na carteira, contudo, existem moedas antigas que valem verdadeiras fortunas. Feita de prata e cobre, uma das moedas mais valiosas foi produzida em 1794 e é o primeiro exemplar de dólar cunhado pela Casa da Moeda dos EUA. Com o busto da Liberdade – de cabelos esvoaçantes – estampado numa das faces, esta moeda foi leiloada por, nada mais, nada menos do que US$ 10 milhões, cerca de 9 milhões de euros, no início de 2013.

9índice Selos

Com 2,5×3,8 cm, o selo produzido na Guiana Inglesa, em 1856, foi leiloado por US$ 9,5 milhões, cerca de 8,6 milhões de euros. O exemplar mostra um navio de três mastros e o lema dos colonos britânicos. O valor do selo deve-se ao facto de ele ser extremamente raro, uma vez que é o último exemplar que resta de uma tiragem de selos impressos pela gráfica de um jornal local para suprir a falta de selos oficiais, enviados a partir de Inglaterra para a Guiana.

LivrosVinciHammer_2A

Assim como existem selos raros, também existem livros incrivelmente incomuns, e que valem verdadeiras fortunas. Um exemplo disso é o Codex Leicester, que reúne vários textos e desenhos que Leonardo da Vinci produziu entre os anos de 1508 e 1510 e foi comprado por Bill Gates por quase US$ 31 milhões, cerca de 28 milhões de euros, em 1994. No entanto, o exemplar mais caro de que se tem notícia é o Die Aufgabe, de Tomas Alexander Hartmann. Trata-se de um manuscrito único que conta com apenas 13 páginas e foi lançado em 2008 e que, segundo o autor, revela as respostas para as principais dúvidas da humanidade. Este foi colocado à venda por 153 milhões de euros. Segundo se sabe, ainda não apareceu nenhum comprador e o livro continua à venda.



Categoria: Extravagâncias

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image