DRIVE-IN

9 de Outubro de 2015

16COMUNICAÇÃO EM ESTRADA

O Drive-IN faz tudo pelos condutores e já está a revelar-se um verdadeiro anjo da guarda. Desenvolvido pelo Instituto de Telecomunicações da Universidade de Aveiro, está já a ser instalado em 500 táxis da cidade do Porto.

O Drive-IN é um sistema que permite aos automóveis, sem intervenção humana, trocarem entre si informações sobre o trânsito e vias alternativas em função do destino, tudo isto para que o condutor possa tomar a melhor opção. Entre as informações partilhadas, destaque para informações sobre velocidades e travagens de carros nas proximidades; acidentes, obstáculos e estado das vias são outras das informações registadas e difundidas em rede pelos próprios veículos, às quais o condutor acede em tempo real. A tecnologia desenvolvida pela Universidade de Aveiro (UA) permite também enviar informações sobre qualquer problema mecânico, quer para os carros em redor quer para uma oficina e serviços de reboque. Simultaneamente, o próprio carro, em caso de acidente, alerta os serviços de emergência médica, indicando o local onde se encontra o condutor em apuros, enquanto avisa os veículos que circulam nas proximidades. À lista de aplicações do Drive-IN, acrescente-se ainda o sistema de videoconferência entre veículos, o entretenimento que os passageiros obtêm com o acesso à internet e a disseminação de informações sobre locais de interesse junto do veículo.

Novidades tecnológicas18

O Drive-IN é um router-wireless desenvolvido pelo Instituto de Telecomunicações que não só permite que os condutores tenham acesso à internet dentro do automóvel através de um recetor normal – seja um telemóvel, um computador portátil ou um tablet, onde recebem toda a informação partilhada pelos outros veículos – como também, noutro sentido, permite difundir os próprios dados recolhidos pelo veículo. Ao contrário de outros meios de comunicação sem fios, a tecnologia desenvolvida em Aveiro tem como meta a sua inclusão em série nos automóveis. O preço do equipamento é outra das grandes vantagens do Drive-IN. O projeto Drive-IN, cuja tecnologia de comunicações veiculares foi desenvolvida de raiz na UA, conta com a colaboração das universidades do Porto e de Carnegie Mellon (EUA), do Instituto de Telecomunicações e das empresas N-DRIVE e GeoLink.



Categoria: Especial

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image