CASA DA MÚSICA

4 de Agosto de 2016

Casa da Mu¦üsica-1ARQUITETURA CONTEMPORÂNEA

Projetada pelo arquiteto holandês Rem Koolhaas, a Casa da Música atrai visitantes dos mais variados pontos do mundo. A programação, dinâmica e inovadora, num espetro que vai da música clássica às tendências urbanas de vanguarda, beneficia em larga escala os quatro agrupamentos residentes.

Símbolo do “Porto Capital da Cultura 2001”, tendo demorado cinco anos para ficar concluída, a Casa da Música custou, aproximadamente, 100 milhões de euros. Construída em betão armado, distingue-se pelas paredes inclinadas em vários ângulos. As paredes exteriores em conjunto com as lajes e as duas paredes-mestras atuam em conjunto como um bloco só, como peça fundamental na estrutura. Para ser possível a construção deste edifício, a empresa de engenharia estrutural desenvolveu, com o construtor, um plano sequencial de 85 fases de construção, e cada uma dessas fases teve o seu próprio estudo estrutural. Foram necessários 13 meses de estudo para a decisão da exequibilidade deste edifício. O núcleo central da estrutura são as paredes de um metro de espessura de cada lado do auditório principal, que sobem desde as fundações até à laje do restaurante. Quase todas as soluções de acabamentos foram reinventadas especificamente para este edifício. O auditório principal foi construído como uma caixa e é totalmente independente do edifício. Os vãos envidraçados, compostos por vidro corrugado, estão suspensos por cabos de aço, de modo a que a vibração do exterior não passe para o interior e vice-versa. O nível de isolamento acústico conseguido é de 75 dB.

Programação interessante2009_Casa da MUsica_Interior_0096 (1)

A programação, dinâmica e inovadora, apresenta um espetro que vai desde a música clássica às tendências urbanas de vanguarda e que, por isso mesmo, beneficia em larga escala os quatro agrupamentos residentes: Orquestra Sinfónica, Remix Ensemble, Orquestra Barroca e Coro. A instituição desempenha também um papel importante na vertente educativa, promovendo concertos, workshops e atividades diversas para famílias com crianças e público escolar, isto por um lado. Por outro lado, são desenvolvidas, diariamente, visitas guiadas ao edifício, que dispõe de vários bares de apoio e de um restaurante localizado na cobertura, com uma magnífica vista sobre a cidade.

Restaurante_CdM_0022Verão na Casa da Música

O programa de verão da Casa da Música, que terminará dia 10 de setembro, contempla 109 concertos, sendo que mais de metade terão entrada gratuita. Nomes como Damien Rice, Kamasi Washington ou até Sérgio Godinho com a Orquestra Jazz de Matosinhos são alguns exemplos do que poderá encontrar nos palcos da Casa da Música. Para a edição de 2016 existem duas novidades: o facto de a Casa da Música não encerrar, e ainda os concertos públicos na esplanada, quase sempre de quinta-feira a sábado. Em agosto será também possível ver, por exemplo, Filhos da Mãe, Los Waves e Orquestra XXI, estes com entrada gratuita. A outra novidade é que a programação vai estender-se a outras cidades, como Gaia, Régua, Espinho, Guimarães, Póvoa de Varzim e Matosinhos.



Categoria: Especial

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image