BAILE CARNAVAL COPACABANA PALACE

3 de Fevereiro de 2012

BAILE COM HISTÓRIA

Mais do que um hotel, o Copacabana Palace é um marco no Rio de Janeiro e local de paragem obrigatória para quem visita a cidade. Posicionado entre as melhores unidades da América do Sul, tem no luxo uma característica inerente. O seu baile de Carnaval é conhecido em todo o mundo.

 

Um hotel deste portento acompanha, sem sombra de dúvida, a história de uma cidade. Inaugurado em 1923, o Copacabana Palace é atualmente considerado património cultural do Rio de Janeiro, e se as suas paredes falassem, decerto contariam as estórias de membros da realeza, estrelas de cinema, desportistas e políticos internacionais que por ali passaram. Com uma localização privilegiada, em plena Avenida Atlântica, perante a beleza imensurável da praia de Copacabana, ninguém diria que por volta de 1985 se pensou demolir o edifício. Contudo, a família Guinle, proprietária inicial, vendeu-o ao grupo Orient-Express Hotels, que se dedicou à sua modernização, preservando-lhe a classe e elegância. Com isto foi aplicada uma iluminação soberba na fachada, para que esta resplandecesse de noite, tal como acontece à luz do dia. As acomodações foram expandidas e renovadas, surgindo novos espaços, como as suítes, para promover estadas de luxo sem igual. Ao todo são 243 suítes e apartamentos, projetados de forma individual, recheados de obras de arte originais e decorados com mobiliário clássico e elegante, de modo a garantir total conforto e comodidade. Motivos para uma estada no hotel são mais do que suficientes, mas acima de tudo é de destacar um service exemplar, uma culinária sem precedentes e acomodações inesquecíveis.

 

De presença obrigatória

Ícone de glamour e sofisticação, não é de estranhar que o Copacabana Palace tenha servido de cenário principal ao filme Flying Down to Rio, onde Ginger Rogers e Fred Astaire dançaram pela primeira vez. Ainda hoje é palco de muitos eventos, entre eles, o seu mundialmente famoso baile de Carnaval, que se realiza todos os anos. Com a duração de quatro dias e quatro noites, o Carnaval do Rio é espontâneo, exótico, encantadore exuberante. Depois de um ano inteiro consagrado à criação de novas canções, novos passos de dança e, claro, fantasias extravagantes, as escolas de samba da cidade competem para conseguir o melhor lugar no tradicional desfile do sambódromo. É nesta época de euforia e alegria contagiante, que no interior do Copacabana Palace tem lugar uma das festas mais glamorosas de todo o Rio de Janeiro. Famoso pela sua elegância, o primeiro grande baile de carnaval aconteceu em 1924 no Golden Room e nele estiveram presentes mil convidados. Nesse ano, o artista responsável pela decoração foi Caribé. O sucesso foi tão grande que, em 1925, o hotel teve de abrir mais cinco salões para dar resposta à procura. Em 1964, por exemplo, no Carnaval em que se celebrou o 4.º centenário da cidade, acorreram ao Rio vários artistas e milionários famosos, como Porfírio e Odile Rubirosa, Brigitte Bardot, Alberto Sordi, Elza Martinelli, entre outros. Seguiram-se muitos mais bailes, que continuaram a contar com a presença de personalidades do panorama nacional e internacional. Em 1973 a unidade realizou o seu último grande baile oficial. Após um intervalo de 20 anos, o Copacabana Palace volta a organizar, em 1993, os seus bailes de carnival Este é, por excelência, o acontecimento ideal para quem gosta de ver e ser visto, sendo frequentado pela alta sociedade, que se empenha na escolha dos melhores trajes e fantasias. (…)



Categoria: Especial

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image