VISITA PRESIDENCIAL

10 de Março de 2015

150115-PR-1110COOPERAÇÃO E PARTICIPAÇÃO 

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, deslocou-se a Moçambique para uma visita de três dias, durante a qual participou na cerimónia de tomada de posse do novo chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi. Paulo Portas, o vice-primeiro-ministro, acompanhou Cavaco Silva nesta deslocação e representou o Governo português na cerimónia.

O Presidente da República deslocou-se a Moçambique para assistir à cerimónia de tomada de posse do novo chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, numa visita que teve também uma vertente económica e empresarial. A acompanhar Cavaco Silva nesta deslocação esteve também Paulo Portas. O programa de Cavaco Silva em Moçambique teve início com um encontro com o presidente cessante da República de Moçambique, Armando Guebuza, seguindo-se, à tarde, uma visita à empresa portuguesa MCM – Mozambican Cotton Manufacturers. No final do primeiro dia, o chefe de Estado português encontrou-se com empresários portugueses estabelecidos em Moçambique. No dia seguinte teve lugar a tomada de posse do novo presidente moçambicano. A cerimónia decorreu na Praça da Independência, em Maputo, seguindo-se depois uma receção oficial no Palácio da Ponta Vermelha. No mesmo dia, Cavaco Silva visitou o Instituto do Coração, em Maputo. Na sua intervenção, proferida antes da visita que realizou às instalações, o Presidente da República enalteceu ainda o trabalho que tem sido desenvolvido ao longo dos anos pela cardiologista Beatriz Ferreira, a “alma da instituição”. Cavaco Silva recordou ainda que Beatriz Ferreira foi condecorada no passado dia 10 de junho com a Ordem da Liberdade, assinalando que se tratou da distinção certa. O Instituto do Coração de Moçambique, que é resultado da associação da ONG (Organização Não Governamental) moçambicana Amigos do Coração e de quatro ONG europeias, entre as quais a portuguesa Cadeia de Esperança, foi criado em Maputo em 2001. Até agora já operou 1186 doentes ao coração, maioritariamente crianças, das quais 92% gratuitamente. No último dia da deslocação, o chefe de Estado encontrou-se com o novo Presidente da República de Moçambique e com personalidades moçambicanas. Antes de regressar a Portugal, teve ainda tempo para um encontro com a comunidade portuguesa residente no país.

Resultados visíveis150115-PR-1374

O Presidente da República anunciou, no decorrer da visita, que foi dado “mais um passo no reforço da cooperação” entre Portugal e Moçambique, referindo a atribuição de uma bolsa de estudo a um jovem médico moçambicano na área da cardiologia. “Foi decidida a atribuição de uma bolsa de estudo a um jovem médico moçambicano para especialização em cardiologia diagnóstico evasivo no Hospital Universitário de Coimbra”, disse Aníbal Cavaco Silva durante a sua visita ao Instituto do Coração de Moçambique, em Maputo. Para Cavaco Silva, a atribuição desta bolsa representa uma iniciativa no sentido do reforço da cooperação entre Portugal e um país com o qual existem “relações muito particulares”. O chefe de Estado revelou ainda que o Instituto da Cooperação e da Língua está também disposto a apoiar parcerias que sejam apresentadas para “projetos específicos de capacitação institucional”, quer pelo Instituto do Coração de Moçambique, quer pela ONG portuguesa Cadeira da Esperança. “A cooperação na área da Saúde é uma das prioridades da cooperação externa portuguesa”, sublinhou.



Categoria: Em Destaque

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image