RENAULT

4 de Agosto de 2016

5RESPEITO PELA DIVERSIDADE

As empresas do Grupo Renault em Portugal, Renault CACIA, Renault Portugal, IFA, Sodicam, Renault Retail Group, RCI Banque, assinaram a carta onde estabelecem que o reconhecimento e o respeito pela diversidade é, acima de tudo, um princípio essencial. O plano Women@Renault – W@R foi lançado com a assinatura da Carta Portuguesa para a Diversidade e da Carta de Compromisso para a Diversidade no Grupo Renault em Portugal.

O plano Women@Renault, dedicado à Diversidade de Género e Diversidade em geral, foi lançado recentemente na Renault Cacia. Num evento onde marcaram presença todas as entidades do Grupo Renault, bem como vários organismos externos como IEFP, AIDA, ACAP e PSA Mangualde, foi assegurado que a diversidade deve ser entendida como o respeito e a valorização das diferenças entre as pessoas que trabalham na Renault. O evento dividiu-se em duas partes. A primeira contou com a apresentação do plano W@R por Isabelle Dhantony Fremaux, CdS Preço Eurasie, membro do W20 (grupo que promove a diversidade na Renault no mundo), e com Elisa Antunes, piloto W@R, que apresentou a rede em Portugal. A CITE (Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego) continuou com uma palestra dedicada à igualdade e foram ainda apresentados por Sílvia Henriques os dados demográficos sobre género, bem como os objetivos que o Grupo Renault se compromete atingir até 31 de dezembro de 2017.  Até esta data o grupo pretende que 15% dos seus trabalhadores sejam mulheres e que 20% dos cargos de chefia sejam ocupados por mulheres. A segunda parte do evento foi dedicada a uma mesa redonda, moderada pela jornalista Rita Ferro Rodrigues, que teve como tema principal “O papel da mulher no mercado de trabalho”. Seguiu-se uma sessão de brainstorming com a participação dos 100 colaboradores presentes no evento.

Ideias a destacar19

Da sessão de brainstorming surgiram várias ideias que farão parte do plano a implementar durante os próximos meses, nomeadamente visitas às escolas para demonstrar que as profissões ditas masculinas podem ser realizadas por mulheres. Estão ainda pensadas intervenções que têm como objetivo incentivar as mulheres a escolher áreas mais ligadas às engenharias e às áreas técnicas. Foi também proposta a participação do Grupo Renault em Portugal na corrida das empresas B2Run, que terá lugar em setembro em Lisboa. No final do evento, a Renault Cacia recebeu a secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, que sublinhou que “as empresas entendem que a diversidade, em termos de recursos humanos, produz efeitos ganhadores nos negócios realizados”. O evento terminou com um ato simbólico, em que cada um “semeou” no jardim várias palavras e desenhos sobre a diversidade.



Categoria: Dossier

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image