INSTITUTO CUF DE ONCOLOGIA

3 de Março de 2017

imagesMAIS SAÚDE

Nos próximos anos, em Portugal, é esperado que mais doentes oncológicos sejam rastreados e sejam precocemente diagnosticados, contudo, e segundo os especialistas, esperam-se taxas de sobrevivência mais altas. Acompanhando esta tendência a CUF criou, em 2016, o Instituto CUF de Oncologia (I.C.O.), que tem como objetivo abordar o cancro de uma forma holística. Todos os recursos médicos e tecnológicos vão estar à disposição, em toda a rede.

Com mais de 70 anos de experiência no combate ao cancro, o Instituto CUF de Oncologia é uma rede de cuidados oncológicos, com uma oferta integrada e especializada no diagnóstico, tratamento e acompanhamento, centrada essencialmente no doente com cancro e nos seus familiares. Presente nas diversas unidades CUF, de norte a sul do país, o Instituto conta com a dedicação e a experiência de mais de 300 especialistas, na área de oncologia, que trabalham em equipa, de forma multidisciplinar, em todas as áreas do diagnóstico e tratamento do cancro, utilizando os recursos da infraestrutura, os equipamentos e os processos disponíveis em toda a rede. Suportado por um parque tecnológico de grande dimensão e inovador, o I.C.O. tem um acesso praticamente ilimitado ao diagnóstico e tratamento, em tempo útil, com uma fluidez de processos de encaminhamento, acompanhados por gestores dedicados ao doente oncológico e com equipas clínicas disponíveis 24 horas por dia. Todas as unidades da rede trabalham de forma articulada, oferecendo aos utentes um serviço integrado e completo, garantindo uma informação clínica transversal, onde e quando necessária, para a prática assistencial das equipas, que comunicam, permanentemente, entre si na discussão e acompanhamento multidisciplinar de todos os casos clínicos.

Caso únicoHCV1

Sendo o único prestador de saúde privado em Portugal que divulga taxas de sobrevivência a cinco anos dos seus doentes oncológicos, validadas por uma organização independente, a CUF investe constantemente na inovação, procurando sempre apresentar novas abordagens ao cancro, seja pela disponibilização de nova tecnologia, de novas técnicas de diagnóstico ou por tratamentos inovadores. Por exemplo, são poucos os especialistas que fazem cirurgia robótica diferenciada – e estas estão maioritariamente centradas nas unidades de Lisboa e Porto. Outro dos destaques do I.C.O. é a Gamma Knife, na CUF Infante Santo – dotada do mais avançado equipamento de radiocirurgia estereotáxica; a Cyber Knife, na CUF Porto, que permite, como nenhum outro equipamento de radioterapia, focalizar altas doses de radiação no tumor e simultaneamente minimizar a dose aos tecidos saudáveis adjacentes; ou os aceleradores lineares com técnicas de alta complexidade na CUF Descobertas.  De referir que os Hospitais CUF Lisboa (Hospital CUF Descobertas e Hospital CUF Infante Santo) são reconhecidos pelo Ministério da Saúde como Centros de Referência para o tratamento de carcinoma do reto. Os Centros de Referência são unidades consideradas de grande diferenciação e qualidade para o tratamento de determinadas doenças ou procedimentos mais complexos.

Hospital Dia_HCD_ipadFilosofia diferente

Não há dúvidas de que os doentes oncológicos necessitam de outros cuidados para além do tratamento do seu cancro. Assim, dentro dos programas do I.C.O. estão também incluídos, por exemplo, o apoio psicológico e nutricional, a fisioterapia ou as massagens. Estão também a ser desenvolvidas parcerias externas no sentido de apostar num vasto programa de bem-estar que poderá incluir exercício físico, meditação, gestão de stress ou truques de maquilhagem corretiva, entre outras atividades.



Categoria: Dossier

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image