PARIS

20 de Dezembro de 2011

CIDADE ENCANTADA

Cidade romântica, emocionante e histórica, Paris é vibrante e muito elegante! As pontes, as tulipas, os monumentos, os museus, as lojas deslumbrantes, os ballets, todo requinte, o sotaque, os cafés, os vinhos, transformam esta cidade num lugar mágico de onde nunca apetece sair. Prepare o seu coração, pois afinal, nesta quadra tão especial, vamos rumar em direcção à cidade do amor.

Situada no Norte de França, Paris é dividida ao meio pelo rio Sena, que vira para norte antes de de­saguar no canal da Mancha. Também conhecida como Cidade Luz, Paris é a capital de França, o centro finan­ceiro e um núcleo mundial de estilo e vanguarda. Pelo seu carisma, atraiu grandes artistas como Pablo Picasso ou Édouard Manet e também grandes escritores como Ernest Hemingway e James Joyce.

Paris detém, tradicionalmente, uma indiscutível e excep­cional supremacia no contexto nacional, ao ponto de as­cender a símbolo da própria França. Os parisienses são, na sua maioria, muito sociáveis – adoram sair e gostam de se sentar nas esplanadas dos cafés, a ver quem passa ou simplesmente a descansar.

Bairros a descobrir

Esta cidade histórica está dividida pelo rio Sena em duas partes, a maior a norte, na Rive Droite, e a menor a sul, na Rive Gauche.

Na margem esquerda surge o Quartier Latin (Bairro La­tino), talvez um dos mais característicos e activos da ci­dade. Situado a oeste de St-Germain, é célebre pela tra­dição religiosa e universitária. Na Idade Média surgiram neste local importantes abadias, como St-Geneviève e St-Victor, em torno das quais se desenvolveram várias comunidades de culto. No século XIII, o bairro univer­sitário, que acolheu grandes mestres como São Boaven­tura e São Tomás, estabeleceu-se aqui. No Bairro Latino encontra-se a Université de la Sorbonne, mas também a maior parte das grandes escolas, como a École Polyte­chnique e o Collège de France.

Mais a oeste, o bairro de Saint-Germain-des-Prés é a sede da Academia de França e da Casa da Moeda. Elegante e requintado, este bairro apresenta um reticulado de an­tigas ruas e é ainda hoje animado por escolas, livrarias, editoras e galerias de arte.

Mais a sul, além da antiga residência real do Luxembur­go, actualmente sede do Senado, estende-se o bairro de Montparnasse. Projectado no século XVIII, depressa se tornou um passeio da moda; no século XIX, um lugar fre­quentado pelos seus famosos locais nocturnos e, no início do século XX, residência de artistas.



Categoria: Destino

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image