PORTUGAL 2030

4 de Abril de 2017

abertura_JCF_7073-Min.DiscursoUM PORTUGAL COM FUTURO

Mudar obriga a antecipar, mas sobretudo a aplicar novos conceitos a novas realidades: visão e capacidade de rutura serão fatores críticos de sucesso na afirmação de um Portugal moderno nas próximas décadas. Foi este o mote que esteve na base da iniciativa Portugal 2030, de importância já publicamente reconhecida pelo inestimável contributo que tem trazido à afirmação de novas ideias, mas também reconhecido, quer por oradores quer por participantes, pelo pluralismo, isenção e civilizado confronto de ideias que tem norteado a sua realização.

Portugal 2030 foi uma iniciativa lançada pela revista FRONTLINE, com o objetivo de trazer para o espaço público novas ideias, novas abordagens e também novas preocupações sobre o que espera os portugueses, num futuro próximo, face a um presente que muitos já consideram como um profundo retrocesso civilizacional. Mudar obriga a antecipar, mas sobretudo a aplicar novos conceitos a novas realidades: visão e capacidade de rutura serão fatores críticos de sucesso na afirmação de um Portugal moderno nas próximas décadas. Foi este o mote que esteve na base desta iniciativa, de importância já publicamente reconhecida pelo inestimável contributo que tem trazido à afirmação de novas ideias, ao antecipar de problemas e soluções, à procura das necessárias reformas estruturais que começadas ou ignoradas hoje condicionarão o nosso futuro num horizonte de 15 a 20 anos. Mas o ciclo de debates tem sido também reconhecido, quer por oradores quer por participantes, pelo pluralismo, isenção e civilizado confronto de ideias que tem norteado a sua realização. O ciclo de debates teve início em novembro de 2013 e reuniu, ao longo destes dois anos, um conjunto de reputados oradores que abordaram diversas temáticas transversais à sociedade portuguesa, desde a Saúde ao Desporto, à Habitação, à Banca, ao Direito, à Tecnologia, entre tantas outras. Muitos foram igualmente os nomes conhecidos que entre as largas centenas de convidados contribuíram com a sua participação para o enriquecimento dos debates. Algumas notas de referência, entre muitas outras, como por exemplo o facto de Adalberto Campos Fernandes – orador convidado no debate inaugural da iniciativa Portugal 2030 – ter sido recentemente, já na qualidade de ministro da Saúde, o orador convidado de mais um debate. Saúde e Desenvolvimento em Portugal foi o tema central da apresentação do ministro da Saúde, que reuniu uma centena de convidados. O ministro centrou a sua intervenção em quatro eixos fundamentais, nomeadamente o Sistema de Saúde Português; a Crise e o Sistema de Saúde; Sustentabilidade e Valor em Saúde e os Desafios do Sistema de Saúde, havendo depois espaço para debate de ideias com os convidados. Aproveitou também a ocasião para anunciar, em primeira mão, a colocação este ano de mais 400 médicos de família, a maior colocação de que há memória desde sempre.

Share on Facebook0Share on Google+0Share on LinkedIn0Tweet about this on TwitterEmail this to someone


Categoria: Análise

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image