MOBILIDADE ELÉTRICA

6 de Fevereiro de 2017

renault-zoe-b10-rechargez-vous-simplement-02DESAFIOS E OPORTUNIDADES

A Rede de Mobilidade Elétrica é uma rede integrada entre vários postos existentes em território nacional, dinamizada pela plataforma tecnológica MOBI.E, e que permite o abastecimento dos veículos elétricos, mediante a utilização de um cartão de carregamento. Na busca de uma maior harmonia entre mobilidade e transportes, ambiente, energia, desenvolvimento urbano e desenvolvimento do território, este é o momento certo para alterarmos a forma como nos movemos.

Motivado pela crescente dependência energética do petróleo e pelo impacto ambiental que daí resulta, Portugal está a apostar em novos modelos energéticos para a mobilidade, que têm como objetivo melhorar a qualidade de vida das cidades e de todos nós. É assim que surge a Rede de Mobilidade Elétrica, cuja principal missão é contribuir para uma mobilidade mais sustentável, maximizando as vantagens e integrando harmoniosamente a energia elétrica, resultante de energias renováveis, no funcionamento e desenvolvimento das cidades. Esta é uma rede integrada entre vários postos existentes em território nacional, dinamizada pela plataforma tecnológica MOBI.E, e que permite o abastecimento dos veículos elétricos, mediante a utilização de um cartão de carregamento. A MOBI.E é, assim, a empresa responsável pela gestão da informação (fluxos financeiros e de energia) na rede de mobilidade elétrica e pela integração dos diversos agentes no sistema. Esta nova aposta de mobilidade pretende diminuir as emissões de CO2, melhorar a qualidade do ar e reduzir a dependência energética do país. A par disto, a aposta na mobilidade elétrica visa estimular a criação de novos modelos de negócio associados ao cluster da mobilidade, bem como potenciar o desenvolvimento tecnológico dos sistemas de gestão de rede, das infraestruturas energéticas e dos componentes automóveis, como baterias, powertrains e materiais mais leves e recicláveis. Portugal é um dos líderes na produção de energias renováveis, cerca de metade da nossa eletricidade provém de fontes renováveis, e os veículos elétricos surgem como uma oportunidade para aproveitar essa mesma energia.

O que é a rede MOBI.E?cockpit automovel posto mobie

A rede MOBI.E é uma rede de carregamento inteligente, presente em todo o território nacional e acessível a todos os utilizadores. Centrada no utilizador e compatível com todas as marcas de veículos, esta rede permite repor os níveis de energia, mediante a utilização de um cartão de carregamento. Mais do que um conjunto de postos de carregamento, a tecnologia da rede MOBI.E permite ao utilizador localizar e selecionar locais de carregamento, planear trajetos e saber o estado de carregamento do seu veículo. A qualquer momento, o utilizador pode consultar o seu histórico de abastecimentos, com informações sobre a duração e o número de carregamentos efetuados, locais de abastecimento utilizados e quantidade de energia consumida. Atualmente, a rede MOBI.E conta com 1300 pontos de carregamento normal e 50 pontos de carregamento rápido, em espaços de acesso público em Portugal continental. Os pontos de carregamento normal estão distribuídos pelas cidades de Almada, Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Cascais, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Guimarães, Leiria, Lisboa, Loures, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, Sintra, Torres Vedras, Viana do Castelo, Vila Nova de Gaia, Vila Real e Viseu. Já os 50 pontos de carregamento rápido estão colocados nas vias de circulação entre estes concelhos, de forma a possibilitar a deslocação entre eles, assim como em zonas estratégicas que assegurem carregamentos de emergência.

299291b4d626d74cbf1481e4cf9e4c20a6e50b8cAbastecimento dos veículos

Existem dois tipos de carregamento para os veículos elétricos, o normal (em corrente alternada) e o rápido (em corrente contínua). O carregamento normal (que demora entre seis e oito horas) é o recomendado para uma utilização diária, seja em casa ou na rede de acesso público MOBI.E. Por sua vez, o carregamento rápido (entre 20 e 30 minutos) é aconselhado em deslocações maiores, quando a distância a percorrer seja superior à autonomia do veículo, ou para situações de emergência. Contudo, nem todos os automóveis permitem o carregamento rápido. Com o cartão MOBI.E, que permite o carregamento do veículo em qualquer ponto do país, o utilizador pode monitorizar, durante o carregamento, o processo em curso, através da Área Reservada do portal MOBI.E e também através do acesso mobile com as aplicações móveis disponíveis para sistema operativo IOS e Android. É ainda possível configurar alertas SMS/email com aviso de carregamento completo. Concluído o carregamento, é lançado no extrato de consumo o valor do carregamento, que inclui a eletricidade consumida e o valor a pagar pelo serviço.

O futuro da redeplug-in_1

O futuro da rede passa pela instalação de pontos-piloto, dos quais 124 serão pontos normais e 44, postos rápidos. Está também prevista a atualização tecnológica dos postos tendo em conta as novas normas e os novos protocolos. A ambição do Governo é que, dentro de 10 anos, 10% dos veículos que circulam em Portugal sejam elétricos, e para isso é necessário constituir as infraestruturas de abastecimento, através da rede MOBI.E. É necessário que o Estado contribua, de forma decisiva, para que exista uma rede pública de carregamento que permita que, dentro de muito pouco tempo, se possa utilizar, com igual grau de fiabilidade, um veículo elétrico ou um veículo que não é elétrico. E embora o preço dos veículos elétricos seja mais elevado do que o dos veículos a gasóleo ou gasolina, a diferença é totalmente compensável, uma vez que o gasto em energia elétrica será muito mais baixo do que em gasolina ou gasóleo. Recorde-se que os veículos elétricos em Portugal não pagam imposto automóvel.



Categoria: Análise

Bem vindo à Frontline

Iniciar sessão

Esqueceu-se da senha?

Criar Registo Neste Site

captcha image